Alcançar A Felicidade

laitman_558Opinião (Hugh Mackay, pesquisador social, autor de doze livros, incluindo cinco best-sellers): “Eu, na verdade, ataco o conceito de felicidade. A ideia de que – eu não me importo de que as pessoas sejam felizes –, mas a ideia de que tudo o que fazemos é parte da busca da felicidade, me parece uma ideia muito perigosa e conduziu a uma doença contemporânea na sociedade ocidental, que é o medo da tristeza. É uma coisa realmente estranha que estamos agora vendo as pessoas dizendo ‘Escreva 3 coisas que o fez feliz hoje antes de ir dormir’ e ‘anime-se’ e ‘felicidade é nosso direito’ e assim por diante. Estamos meio que ensinando nossos filhos que a felicidade é o valor padrão –é lixo. Nós deveríamos estar lutando por integridade e parte disso é tristeza, decepção, frustração e fracasso; todas essas coisas que nos fazem quem somos. Felicidade, vitória e realização são pequenas coisas boas que nos acontecem também, mas não nos ensinam muito. Todos dizem que podemos crescer com a dor e assim que experimentam dor dizem ‘Rápido! Sigam em frente! Animem-se!’ Eu gostaria de ter apenas um ano de moratória da palavra ‘felicidade’ e substituí-la pela palavra ‘integridade’. Pergunte-se ‘isto está contribuindo para minha integridade?’ e se você está tendo um dia ruim, que seja….”.

Meu Comentário: A Cabalá oferece a relação com o mundo na linha do meio — para determinar tudo de acordo com os benefícios da conquista da meta da existência, que é a convergência de felicidade e dificuldades. Mas é necessário revelar o verdadeiro propósito que pode estar apenas acima da vida que leva a esta meta e comparar o que está acontecendo com a aproximação do alvo.

Comente