Transformando O Impossível Em Possível

laitman_940Baal HaSulam, “Matan Torah” (A Entrega da Torá), Item 16: Então, para cada membro da nação foi perguntado se concordava com aquele trabalho exaltado. E uma vez que cada um da nação concordou de coração e alma e disse: “Faremos e ouviremos”, foi possível manter toda a Torá, e aquilo que era anteriormente impossível se tornou possível.

Para alcançar o estado de recepção da Torá, nós primeiro precisamos de um peso do coração que é chamado de exílio egípcio, escuridão com peso do coração, uma reação do ego, o desejo de receber. Quanto mais ele cresce, mais terrível é e mata a pessoa. Nós devemos sentir que o Criador está oculto e que temos uma grande necessidade de descobri-Lo, ou seja, descobrir a característica de doação.

Especificamente, o Criador é o que é chamado de descoberta da característica de doação e não algum poder místico que nos serve do jeito que imaginamos dentro do nosso ego.

Nós decidimos que o desejo de receber é escuridão para nós, e que o desejo de doar é a Luz. É impossível receber a Torá, ou seja, a Luz que nos corrige e eleva acima do desejo de receber até o desejo de doar, exceto num grupo que seja grande o suficiente em intensidade, quantidade e qualidade.

Neste grupo nós devemos reunir pessoas que se apoiam e estão prontas para dedicar suas vidas em benefício da sociedade. Elas têm certeza que a melhor coisa é ser dependente da opinião da sociedade.

Isto não significa que a pessoa se joga egoisticamente nas mãos da sociedade, de modo que a sociedade estará preocupada com ela e que ela não precisará pensar em nada. Ela também não faz isto de forma distraída, jogando-se num grupo e pensando que tudo o que será, será; mas sim que a preocupação em superar o seu ego, em entender todo seu poder, emoção e intelecto, é que ela se anula em relação ao ambiente, elevando-se acima de sua emoção e intelecto.

Sendo uma pessoa muito sábia, sensível, madura e séria, ela anula tudo isso e aceita a opinião da sociedade, que é o oposto de todo o seu conhecimento. Ela vê que isto refuta completamente sua inteligência saudável, sua lógica, sua força mental e sua visão do mundo; ela descarta todos os seus dados e se anula frente à sociedade.

Imagine que tipo de trabalho difícil o Rabi Yosi ben Kisma fazia ao se anular perante seus alunos. Certamente ele não mostrava isso ativamente a eles para não estragá-los. Mas ele próprio aceitava estar no pequeno e miserável grupo de principiantes que o Criador tinha arranjado para ele e fez-se menos e mais baixo do que eles.

A fim de obter energia para o avanço espiritual, a pessoa deve se anular frente ao grupo. Isso é feito “acima da razão” e é estendido a todas as áreas da vida, mas isso acontece apenas depois de cálculos muito sérios.

Da 4ª parte da Lição Diária de Cabalá 26/05/14, Escritos do Baal HaSulam

Comente