Elevar-se Acima Dos Anjos

laitman_232_05O Mal Olhado Do Egoísmo

Pergunta: Será que o uso dos poderes associados à sabedoria da Cabalá pode ser prejudicial de alguma forma? Nós podemos machucar alguém com a aplicação dessas forças, digamos, “botar olho grande ou amaldiçoar” alguém?

Resposta: Não, nunca! Estas forças são sempre benevolentes. Nós queremos nos tornar melhores e utilizar a energia positiva para influenciar o sistema da Luz. que nos impacta e corrige o nosso ego.

Se as nossas intenções forem ruins, não seremos capazes de influenciar o sistema da Luz, uma vez que somos completamente opostos a ela. Tudo o que podemos fazer é usar de forma mercenária (egoisticamente) a estrutura que está embutida em nós. Assim, se usássemos poderes perversos e egoístas contra a natureza inanimada, vegetal e animal ou contra pessoas, nossas ações seriam chamadas de “mau olhado”. Nosso desejo de lucrar em detrimento de outros ou simplesmente de machucar alguém é a verdadeira “maldição”.

A sabedoria da Cabalá explica que há duas opções:

  • Nós agimos em detrimento dos outros;
  • Nós agimos em benefício dos outros.

Nós implementamos a primeira opção “espontaneamente”; um poderoso desejo negativo pode machucar os outros. Digamos, eu quero que alguém se sinta mal. Este desejo ativa minha conexão perversa e amplifica a energia negativa.

O Reino dos Anjos

Pergunta: Digamos que uma pessoa quer que algo de ruim aconteça comigo, mas outra me deseja o bem. O que vai resultar disso?

Resposta: O resultado depende de muitos fatores, mas eles terão dois tipos de efeitos em você, bom e ruim ao mesmo tempo. Eventos que acontecem em nossas vidas são resultado do confronto entre inúmeras forças que atuam dentro de uma rede geral. Estas forças podem ser nomeadas de forma diferente, mas muitas vezes são chamadas de “anjos”. Não importa como sejam nomeadas, a essência continua a mesma.

Não se trata de nossa crença em “anjos da guarda”, mas sim do estudo científico das forças reais que agem na natureza. A sabedoria da Cabalá as explora como outras disciplinas científicas estudam a estrutura atômica, o clima, etc. De uma forma ou outra, todas as ciências se ocupam em explorar as numerosas forças.

Assim, um “anjo” na Cabalá é “uma força”. Por exemplo, há um “anjo” que atrai objetos para a Terra. Chama-se gravidade.

As forças da natureza inanimada, vegetal e animal, tanto materiais como espirituais, são chamadas de “anjos” (malachim). A palavra deriva de “Malchut“, que significa um poder específico (um Reino). De acordo com as suas funções, os “anjos” podem ser bem diferentes. Eles têm vários títulos, incluindo “demônios” e “espíritos”. Todos representam nossas propriedades e qualidades internas básicas.

A alma humana é superior aos anjos. Assim, um ser humano (Adão) é superior aos “anjos”, porque as pessoas são capazes de mudar se se envolvem na correção pessoal e se desenvolvem acima de suas limitações básicas embutidas.

De KabTV “Uma Nova Vida” 18/01/15

Comente