Sair De Nossos Cantos Em Direção Ao Outro

Dr. Michael LaitmanNós temos que nos conectar com a mesma força que gerencia todas as partes da criação, a fim de melhorar a nossa situação. Cabe a nós fazer com que ela nos influencie de forma harmoniosa, porque ela é boa e faz o bem. Esta força produziu todo o universo, o planeta Terra, criou toda a nossa vida e nos desenvolve de acordo com o seu programa. Ela tem nos conduzido desde o Big Bang até os nossos dias através do processo de evolução. Com grande sabedoria, ela conecta todas as partes da realidade, mas, até agora, apenas uma pequena fração da realidade tem sido descoberta por nós e nós estamos confusos até mesmo com isso.

Nós ainda somos muito fracos na área da ciência, mas, em acréscimo, recebemos a ciência da conexão, possibilitando estarmos cientes da força geral da natureza. Esta força nos transmite um conhecimento chamado sabedoria da Cabalá. Enquanto nós investigamos a realidade com a ajuda de nossa inteligência física, nós recebemos os mais escassos fatos sobre a realidade. Nós obtemos pouco conhecimento sobre a física, química, biologia, botânica e astronomia.

Nós sabemos um pouco sobre tudo, mas não temos o quadro geral. Há tantas ciências diferentes, precisamente porque não estão prontos para digerir tudo junto e ver uma fórmula universal de toda a realidade, como Einstein sonhou.

Isso indica as limitações de nossa visão. E o principal na obtenção de realidade não é ver suas partes, mas a conexão entre as partes. É possível descobrir toda a ciência de acordo com esta conexão. De fato, em toda a realidade, só existe uma força que a avança para um propósito particular (o objetivo da criação). O objetivo da criação é desconhecido para nós e não entendemos por que e para onde algum tipo de força está nos empurrando, uma vez que não temos esse conhecimento.

A realidade é plena e a força geral da natureza é plena, mas a percepção humana é o oposto e não nos permite ver toda a realidade de uma forma geral e integral. Portanto, a realidade não nos parece tão boa. Para nos ajudar a corrigir a nós mesmos e a nossa percepção, o sentido da crise geral global tem sido dado a nós.

A crise foi criada porque a realidade está começando a se aproximar de nós como uma imagem completa. De repente, nós sentimos que tudo está conectado na política, economia, e na sociedade humana. Em geral, nós entendemos que, de acordo com as leis, é assim que deve ser, já que tudo está mutuamente conectado em nosso universo: todas as estrelas e galáxias. Mas nós ainda não sabemos como estamos conectados a tudo isso. Nós investigamos as leis da natureza inanimada e um pouco das leis da natureza vegetal e animal numa forma mais limitada. Mas as leis da conexão entre uma pessoa e outra não são conhecidas por nós. Agora, pela primeira vez, a rede de conexão que conecta todos tem sido revelada a nós.

Nesse meio tempo, nós não queremos estar cientes desta conexão e todos querem viver por si mesmos. Portanto, aparentemente, um processo inverso está ocorrendo, pois cada um tenta se isolar, porque não é confortável para nós sentir que estamos conectados. Nações inteiras se isolam e se fecham, ampliando o protecionismo.

Uma pessoa quer que todos a deixem sozinha e a deixem viver tranquilamente sem precisar de ninguém. Esta é a nossa oposição à conexão.

Mas a força geral da natureza que nos empurra para frente nos leva a um estado único. Nós descobrimos que estamos num sistema global e integral de conexão, conectados por milhões de conexões e canais, de tal forma que ninguém pode se mover, como um fantoche numa corda amarrada a um bilhão de outros segmentos que o conectam com todos os outros fantoches. Portanto, nós estamos todos conectados junto.

Se eu estivesse apenas conectado com todos os outros, estaria tudo bem. Mas, além disso, eles também me odeiam! E hoje, isso está sendo revelado a nós de forma gradual. Nós estamos num mundo que está se tornando cada vez mais ameaçador para todos nós.

Portanto, cada um quer se esconder em seu apartamento, em seu canto. Os jovens não querem sequer se casar e trazer filhos ao mundo. Eles não querem se comunicar com ninguém. Eles têm um telefone celular e um computador, e assim são obrigados a se comunicar com o mundo apenas por meio desses canais. Devido a isso, tudo o resto não os afeta.

Se houver a possibilidade de trabalhar em casa, isso é ótimo, pois não há necessidade de ver ninguém. Hoje as pessoas são atraídas para vidas como essas, cada um por si, ou, no máximo, por sua família. E até mesmo a família é temporária. É comum hoje em dia cortar as conexões familiares um número de vezes e construí-las novamente para quebrá-las mais uma vez.

Tudo isso está acontecendo porque nós estamos sendo obrigados desde cima a estar em conexão entre nós. Mas nós, do nosso lado, tentamos com todas as nossas forças romper com essa conexão. Não queremos ser dependentes uns dos outros porque esta conexão é obrigatória e ameaçadora. Sobre os nossos tempos, os profetas escreveram: “Os inimigos de uma pessoa estão sentados em sua casa”. Portanto, a pessoa evita todas as conexões. Apesar disso, nós temos que sair de nossos cantos e dar o primeiro passo em direção ao outro.

De KabTV “O Encontro dos Mundos” 16/06/14

Comente