Reis E Coringas

Dr. Michael LaitmanPergunta: No meu ambiente, é costume contar piadas para criar um ambiente descontraído. Mas o que eu devo fazer se, por natureza, não gosto de piadas?

Resposta: Piadas promovem a incorporação mútua. Só que devem ser piadas inteligentes, cheias de humor sutil.

Por exemplo, na corte de cada rei havia um coringa (bobo da corte). Ela tinha inclusive permissão de fazer o que quisesse, até mesmo de zombar do rei. Qualquer outra pessoa teria sua cabeça cortada por fazer isso, mas não o coringa. Embora os reis fossem muito sérios, homens determinados, eles ainda mantinham um coringa ao seu lado. Por que eles precisavam de um coringa?

A questão é que as pessoas que eram coroadas para serem reis estavam acima de todo mundo ao seu redor. Portanto, quem poderia influenciá-las? Naqueles dias, o coringa realmente poderia elevar o ânimo do rei e, assim, ajudá-lo a lidar com muitos problemas.

Se algo desagradável acontecesse ou houvesse certos problemas, o coringa começaria a entreter o rei e o rei relaxaria e começaria a pensar de forma diferente sobre o que estava acontecendo. Estes são pontos muito profundos e importantes.

De KabTV “Uma Nova Vida” 21/10/14

Um Comentário

  1. Aprendendo a ver a sutileza de todos os graus, da diferença entre o positivo e o negativo, que carregamos em nossa percepção do mundo, podemos nos situar onde bem entendermos, ou nos induzirmos a um estado mais equilibrado e receptivo, ótimo, valew amigos

Comente