A União Secreta Com a Força Superior, Parte 1

Pergunta: Como surgiu a nação de Israel, onde ela está indo, e qual o potencial, o que não foi realizado, é inerente a ela? Se entendermos isso, então podemos chegar a um estado completamente diferente, em vez de experimentarmos todos os problemas de hoje.

Para entender isso, precisamos voltar para os eventos de mais de dois mil anos atrás, na época em que o povo judeu estava na terra de Israel e não tinha ido para o exílio ainda. Muitos associam algo místico com estas pessoas e acreditam que elas têm uma ligação secreta com a força superior, uma união. Qual é a questão realmente?

Resposta: Estamos a falar de um grupo de pessoas que se uniram de acordo com seu desejo de compreender a essência e o significado da vida: O que estamos vivendo e quem nos governa? Ou seja, eles estavam preocupados com as questões da própria essência da vida. É por isso que eles se uniram em torno de Abraão, que foi o sábio que viveu naquele tempo, na antiga Babilônia e começou a ensiná-los a responder a essas perguntas.

Em termos materiais, a vida na antiga Babilônia era bastante confortável, porque a uma pessoa não faltava nada nos níveis do inanimado, vegetativo, e animado. Ou seja, o corpo sentia-se bem e agradável. O único problema foi na Torre de Babel, que subiu aos céus. Era necessário descobrir o que eles buscavam em suas vidas e por que, onde estava a fonte da vida, e quem manejava isto. Ou seja, eles queriam conhecer o seu Criador.

Abraão ensinou-lhes que era possível fazer isso. Afinal, sua vida se desfez por esta finalidade. Pessoas se afastaram, distanciados um do outro, e não mais compreendiam-se. Mas aqueles que sentiam a necessidade urgente de resolver o mistério da vida juntaram-se a Abraão. Ele foi um famoso sábio babilônico e vinha de uma família proeminente. Seu pai, Tera, era um sumo sacerdote babilônico.

Abraham ensinou-os a compreender a força que controla a natureza: A força do amor e doação. Esta força é oposta à força egoísta da natureza inanimada, de plantas, animais e pessoas deste mundo, e por isso criou-nos na forma oposta, que é a recepção e ódio. Isto é o que se manifestou neles, na Babilônia, a fim de obrigá-los a revelar algo contrário, a força oposta.

Abraão ensinou como era possível corrigir a si mesmo e obter esta força, além de que, já a possuímos por natureza. Esta força não existe em nosso mundo porque o nosso mundo está inteiramente sustentado pela recepção e ódio. É por isso que, a fim de adquirir esta força, oposta ao amor e doação, precisamos de uma ciência completa.

A força do amor é a força superior. Como podemos trazê-la mais perto, querê-la de tal forma que ela revele-se a nós, começar a viver dentro dela, e como podemos começar a usar esta força?

Se ela é uma força oculta na natureza, então talvez nós sejamos capazes de obte-la através do questionamento sobre o sentido da nossa vida, sobre o que a controla. Através destas questões, que, em essência, qualquer pessoa pergunta, mas não se aprofunda, podemos começar a nos familiarizar com a força superior.

[150595]

De KabTV “Uma Vida Nova” de 25/12/14

Material Relacionado:
Questão Proibida
Construção De Uma Nação Modelo
Restringido Pela Doação

Comente