A Nuvem Do Criador

Dr. Michael LaitmanO Midrash, “Beshalach”: O Senhor ordenou a Moisés abrir os braços acima do mar, e um suave vento do leste começou a soprar. Nesse meio tempo, os filhos de Israel continuaram o seu caminho durante toda a noite, e, assim, chegaram cada vez mais perto da beira-mar.

Os egípcios os seguiram, mas não tiveram sucesso na conquista do acampamento. Eles lançaram flechas e atiraram pedras contra os judeus, mas a nuvem do Criador absorveu tudo.

Era a mesma nuvem que geralmente se movia diante dos filhos de Israel durante o dia. Naquela noite, em vez de desaparecer no escuro como sempre fazia, ela passou por trás do campo, a fim de absorver tudo o que era lançado e jogado pelos egípcios. Além disso, os anjos do Criador voavam atrás dos judeus, a fim de protegê-los.

Há uma lei de equivalência de forma: se você se mover em direção à unidade e disseminação, ao desenvolvimento de seus atributos espirituais, você está conectado ao Criador até certo ponto em relação a isso. Embora você não esteja em contato com Ele, há uma conexão na forma de uma nuvem, na forma de ajuda por trás e pela frente. Isto significa que a Luz Circundante opera em você.

A nuvem é a Luz Circundante que, por um lado, é invisível e oculta, mas, por outro lado, é revelada em suas ações como um mágico que de repente parece segurar algo em sua mão, sem qualquer razão evidente. Isso significa que metade das ações são ocultadas e metade das ações são reveladas. Ao mesmo tempo, o resultado é revelado enquanto a razão está para além do Machsom (barreira).

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 30/04/14

Comente