Um Planeta De Um Quarto

Laitman_077O desenvolvimento consiste em dois processos: interface (interligação) e expansão das partes. Na medida em que a natureza se torna mais complexa e desenvolvida, ela adquire diversidade, é enriquecida por novas formas e facetas. Como resultado, cada um dos elementos da natureza se conecta, interage e cumpre o seu papel exatamente em seu próprio lugar especial para o benefício de todo o sistema.

Pergunta: Como isso se relaciona com o desenvolvimento da humanidade neste momento?

Resposta: Nós chegamos a uma nova etapa, e isso já aparece diante de nós. De repente, todos se tornaram interconectados, e a humanidade tornou-se uma pequena “aldeia”, onde todos dependem uns dos outros para o bem ou para o mal.

É impossível escapar desta rede; nós não podemos dar nenhum passo por nós mesmos. Alguns ainda pensam que são capazes de tomar decisões sobre a destruição de metade da humanidade e a interrupção da conexão entre nós. No entanto, estes acontecimentos dramáticos não vão alcançar a meta. Nós não podemos quebrar a conexão.

Pergunta: Isso nos faz lembrar das sementes de lentilha numa panela, uma vez ingeridas elas perdem a sua forma. Não é assim que perdemos nossa forma individual ao sermos cozidos na caldeira da história? O que somos obrigados a fazer hoje?

Resposta: Nós precisamos nos unir de forma racional, de uma forma madura, entendendo o que estamos fazendo e por quê.

Pergunta: E se continuarmos no mesmo curso do individualismo egoísta?

Resposta: Esta tendência não vai nos trazer nada além de miséria. Afinal, o mundo tornou-se diferente. Ele manifestou forças integradas que nos afetam de todos os lados, e nós vemos em primeira mão como a abordagem individualista causa danos ao invés de bem.

Suponha que nós estamos no mesmo quarto. Eu quero tocar bateria, a outra pessoa quer dormir, uma terceira quer assistir TV, e a quarta pessoa está indo cozinhar a mesma sopa de lentilha. Todos nós podemos conviver juntos?

Por enquanto, tudo é exatamente assim. E a situação está se aquecendo em todos os níveis. Por exemplo, os choques climáticos apenas começaram, e seu impacto por toda parte é enorme.

Por isso, não será mais possível viver como antes. Afinal de contas, nós somos como insetos na superfície da Terra que construíram para si abrigos frágeis. As nossas forças não são páreo para as forças da natureza.

No entanto, nós mesmos demolimos a base do bem-estar. É por isso que não há alternativa, é hora de reconhecer que o mundo é integral, que todos dependem uns dos outros e vivem “num único quarto”, numa “bola” e não há para onde fugir. Outros “quartos” não estão disponíveis aqui.

Talvez devido à falta de esperança, ao aplicar a nossa mente como se pretende, nós sejamos capazes de “controlar” o nosso próprio egoísmo, de modo que isso nos permita que concordemos entre nós mesmos. Do que nós sabemos sobre o desenvolvimento da natureza hoje, resulta que ela nos obriga a ser como o sistema integrado. E o sistema integrado contém duas partes: o “positivo” (+) e “negativo” (-), dar e receber. Nós recebemos muita força da recepção, mas não o suficiente da força de doação. A força de doação é o que temos que encontrar e desenvolver.

Isso pode ser feito, e há uma técnica especial chamada “educação integral”, a fim de realizar isso. Com a sua ajuda, é necessário “implantar” em cada pessoa o básico da doação, e, em seguida, ela vai aprender a usar duas partes da natureza. A pessoa vai construir a si mesma ao ganhar confiança no futuro, autoconfiança, e confiança para os seus filhos e para o mundo inteiro.

Caso contrário, se nós escolhermos a forma egoísta, toda a nossa força, toda a riqueza e os recursos que temos serão gastos para combater as forças da natureza, calor e frio, seca e enchentes, doenças, etc.

Por exemplo, se a extinção das abelhas continuar, não teremos nada para comer. Nós dependemos desesperadamente dos sistemas naturais, na medida em que não podemos compreender isso plenamente.

De fato, a violação da lei integral acarreta uma série de consequências no mundo.

Afinal, tudo na natureza é um sistema interconectado; na verdade, ela é um único mecanismo. Culturas e pomares fornecem alimentos não só para nós, mas também aos animais que criamos. Isto significa que a interferência do sistema ameaça nossas necessidades vitais, e isso é muito perigoso.

Por outro lado, estas desgraças têm que mostrar que não temos a segunda força. Afinal de contas, se não estivermos conectados uns com os outros, não seremos capazes de negociar e celebrar acordos necessários para a sobrevivência. Daí se vê que todas as forças são projetadas para obrigar uma pessoa a estudar e tirar conclusões sobre o processo pelo qual o planeta Terra já passou. E a principal conclusão é que tudo vem da conectividade das partes. O desenvolvimento deriva da compilação, da interface das partes em sistemas mais complexos, e é isso é o que nós temos que entender.

De KabTV “Uma Nova Vida” 02/03/14

Comente