São Os Protestos De Massa Um Escape Da Depressão?

Pergunta: A sociedade atual não sente simpatia pelas pessoas no poder. Nos últimos dois ou três anos, muitos países passaram por processos semelhantes de ressentimento social e raiva. O que você pode recomendar em relação a este fenômeno generalizado e crescente?

Resposta: Encontrei-me com pessoas muito ricas que dizem: “Se eu não tenho lucros, o que vou compartilhar”? Eu queria muito responder-lhes: “Não distribua qualquer coisa! Eles podem ter tudo sem você”.

Eu, certamente, não lhes respondi desta maneira, mas a sua posição é compreensível. No passado, eles criaram os locais de trabalho, distribuíram bônus e prêmios, e através dos meios de comunicação, transmitiram rumores de que eles usaram sua riqueza para cuidar dos outros.

Hoje os ricos não têm nada para compartilhar, mesmo se quisessem. As pessoas repentinamente sentem-se vazias por dentro, em vez de sentir os impulsos naturais anteriores do “Eu quero isso, e isto, e isto”! Agora, não é possível construir um novo desejo dentro delas; o que iria preenchê-las se não há nenhum desejo, nenhuma deficiência?

Você acha que um artista ou compositor entrando em um supermercado pode realizar-se cem por cento? Não! Ele deve comprar produtos para sustentar e fortalecer o seu corpo, mas a principal coisa para ele é cumprir sua necessidade interior. Tal situação hoje é típica de pessoas comuns. Por quê? É porque a natureza deixou de despertar-nos com desejos que estamos acostumados a receber através de algum canal e nos encontramos de repente com o vazio.

Protestos em massa tornaram-se um fenômeno normal hoje. Por que essas pessoas vão para as ruas? Elas estão à procura de realização! Elas não se importam quem governará porque pensam que através disto elas encontrarão uma nova realização, e apreenderão alguma fonte e propósito de vida. Mas o que deve ser feito? Isso não vai acontecer. Elas estão prontas para fechar os olhos, e afundar em um desmaio pelo uso de drogas, só para não sentir o vazio. Metade da humanidade tem afundado em depressão. Temos que entender que ela não têm outra possibilidade.

Assim, os líderes perderam o seu status entre as massas. Se no passado as massas ansiavam por riqueza, controle e respeito, hoje isso não existe. Elas não vêem as pessoas que deveriam adorar entre seus líderes. Hoje, os líderes são piores do que as pessoas simples, e eles também as desprezam, perguntando por que eles deveriam perder suas vidas por elas?

A geração mais jovem, que tem 15-30 anos de idade hoje, percebe-os exatamente assim. Apenas pessoas mais velhas continuam neste velho paradigma. Não há saída para as pessoas de influência além de dar às pessoas a Educação Integral. Só assim eles estarão prontos para manter sua influência e até mesmo subir para um novo nível qualitativo aos olhos da sociedade.

[146371]

Do programa “Uma Nova Vida” 10/2/14

Material Relacionado:
Novas Regras De um Mundo Global
Sociedade Integral: Utopia Ou Realidade?
O Naufrágio Da Sociedade Consumista

Comente