Ódio É A Falta De Amor

laitman_283_01Pergunta: A história de Jó capta a essência do sofrimento humano. Quando uma série de infortúnios fatais recai sobre ele, o Criador diz a Jó: “Onde você estava quando fundei a terra?” O que significa essa pergunta?

Resposta: Sinta que você é um ser humano, maior do que tudo, e, portanto, obrigado a tomar o desenvolvimento em suas próprias mãos, para governar o mundo. Jó simplesmente não querer olhar para nada, exceto o que ele tem. Assim, é claro, ele continua a sofrer.

Pergunta: Acontece que o Criador diz a Jó: “Você não entende como a natureza é controlada; como você pode entender o que aconteceu com você?” Então, o que uma pessoa tem que aprender: o Criador, Satã (inclinação ao mal), ou ambos?

Resposta: Isso é a mesma coisa: as duas formas opostas da mesma força agindo no mundo. Só a força do amor age no mundo, de modo que toda a natureza é conectada, amável e harmoniosa, com exceção de uma pequena área, chamada natureza humana.

Esta força está faltando em nós intencionalmente, de modo que nós, de forma consciente, por nossas próprias mãos e ações, a criemos entre nós. Assim, nós seremos semelhantes (Domeh) ao Criador, semelhantes a toda a natureza, e seremos chamados de Adão (Homem).

Pergunta: O que acontecerá com Satã? Será que ele vai desaparecer?

Resposta: Ele não existe! A inclinação ao mal, ou seja, o ódio, se manifesta em nós por causa da falta de amor. O ódio não tem existência própria; é a falta de amor, conexão, cooperação e garantia mútua. Se preenchermos este lugar, haverá apenas bem. Isto é o que a história de Jó descreve.

De KabTV “Uma Nova Vida” 28/05/14

Comente