Não Se Engane

laitman_423_01A Torá, “Levítico” (Kedoshim), 19:13: Não oprimirás o teu próximo, nem o roubarás; o salário do diarista não ficará contigo até pela manhã.

Uma pessoa não deve jogar truques sofisticados sobre outras pessoas sob quaisquer circunstâncias. Ela tem que ser honesta e verdadeira, tanto quanto possível, pois caso contrário, o atributo de amor e doação não funciona.

Quando subimos acima do nosso estado corporal no grupo, entendemos que não há nada que possamos fazer, uma vez que fomos criados dessa maneira e todos os problemas estão acima de nossa criatura corpórea, na unidade entre nós em amor e doação mútua. Nós chegamos a um estado em que não pode haver mentiras. Caso contrário, a pessoa engana a si mesma, porque não estabelece uma conexão com as outras partes de sua alma.

É porque, juntos, nós compomos uma única alma, que é uma para todos e todos estão incorporados nesta alma geral. Então está e a sua constituição, a sua alma, a partir da sua perspectiva. Portanto, quem você pode enganar, se ela é realmente você? Para quem você pode mentir, e a quem pode enganar ou roubar, prejudicar em sua doação, ou deixar o que você pode fazer hoje para amanhã? Isto significa que não é mais doação. Por isso, é dito: “…nem roubá-lo (o teu próximo)”, uma vez que ele, na verdade, é uma parte de você.

O Criador executa toda a correção em nós. Parte da correção é preenchida por nossos esforços evidentes e parte decorre dos esforços que não são evidentes.

De repente, você descobre que  não trabalha em prol de doar, mas sim em prol de receber, ao sentir que tudo isso é seu. Isso significa que você se justifica como sendo um ladrão, uma vez que também está autorizado a fazer o que os outros estão autorizados a fazer.

Havia um antigo filme popular na Rússia chamado “Tenha Cuidado com o Carro” em que o personagem principal costumava roubar somente carros de ladrões. Ele costumava vender os carros roubados e dava o dinheiro para os orfanatos. Isto é ser o seu próprio juiz. Aqui é onde está o problema, quando a pessoa acredita que está fazendo a coisa certa e que ela não rouba.

Isso significa que ela deve ser informada do que está acontecendo e isso só pode ser feito depois que ela rouba. Não há nada mais que possamos fazer e, portanto, nós passamos por muitas fases diferentes.

É dito que não há justo na terra que faça o bem e não tenha pecado. É impossível ignorar essas fases.

“O salário do diarista não ficará contigo até pela manhã”, significa que, quando você tem que dar, você tem que fazê-lo imediatamente. Se você parar, você se transforma em quem recebe, em vez de quem doa, mesmo se você não lucra com isso. Assim, todos os mundos são revelados em numa pessoa com respeito à sua relação com as outras pessoas e na mesma medida com o Criador.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 26/3/14

Comente