Não Deixe Que A Decepção Seja O Resultado De Seus Esforços

Dr. Michael LaitmanPergunta: Como uma pessoa pode se anular?

Resposta: A pessoa faz isso por desespero e desesperança. Isto acontece com a condição de que ela não fuja. Se a pessoa vem à classe duas vezes por semana, em vez de sete vezes e não se inclui no grupo, ela prolonga o tempo. Claro, nada se perde, e até mesmo o menor esforço ainda conta. Mas a questão ainda está de pé: o quão grande é essa contribuição?

Crie uma programação clara para si, como o trabalho em grupo e a disseminação, e comece a implementá-la sem qualquer desejo. O coração é o lugar onde as ações estão. Essa é a forma como o nosso mundo é, e é bom que ele tenha sido concebido desta forma. Afinal, nós podemos despertar nossos corações com a ajuda de ações.

As pessoas adotam o filho de alguém, se esforçam e começam a amar essa criança. No início, elas não têm nenhum amor natural por ela, mas depois esta criança se torna mais amada do que um filho biológico. A questão é que isso exige um grande esforço.

Nós colocamos um grande esforço em nosso desenvolvimento espiritual. Mas ainda é preciso analisar para descobrir o que ele nos deu. Nós caímos em desespero, e isso é muito bom! A decepção não deve nos atirar de volta para casa: no lugar onde os filhos de Israel clamaram pelo trabalho duro.

A pessoa é obrigada a embarcar no próximo nível de trabalho, mas foge dele, uma vez que, depois de tudo, fica decepcionada. Ela pensa que o resultado é óbvio, e não pode compreender que a decepção é este resultado. Este deve ser o resultado correto e desejado no nível atual da pessoa.

Enquanto a pessoa pensa que nenhum resultado foi alcançado e que não houve sucesso, ela acusa o grupo, o próprio professor e decide parar. A única coisa a repreender aqui é o mal-entendido da revelação a uma pessoa de que ela não tem o poder de se aproximar do Criador. O que poderia ser melhor do que tal estado?

Não deve haver momentos mais felizes na vida do que quando todas as tentativas de uma pessoa falham. Nós vemos que os amigos que estavam conosco há anos não entenderam isso e saíram. Cada um de nós pode estar em seu lugar, como é dito “Não acredite em si mesmo até o dia da sua morte”, ou seja, até a morte do egoísmo e a correção completa do seu desejo.

Neste estado, é necessário arrastar-se para a lição à força e tentar despertar-se, envolver-se com o grupo e obter a força do grupo. Este é o lugar onde reside o trabalho.

Não há nada de especial para desfrutar quando você desperta e se sente inspirado logo de cara. Mas se você desperta com um esforço e se arrasta à força e começa a despertar e forçar a si mesmo a trabalhar, você realmente faz o trabalho. Você deve amar este trabalho com o qual desperta a si mesmo do estado de inconsciência.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 04/12/14, Escritos do Rabash

Comente