Não Permita Outra Catástrofe Em Escala Universal, Parte 1

Dr. Michael LaitmanPergunta: Por que quando uma pessoa ouve que não há outro além do Criador, a primeira coisa que ela pensa é em todo esse mal que ocorreu no mundo: guerras, o Holocausto que ceifou milhares de vidas?

Resposta: A pessoa não concorda com o fato de que não há outro além do Criador, porque parece que isso elimina a própria pessoa, incluindo a sua existência. Ela não entende isso.

Hoje, as pessoas não concordam com a forma como o governo superior trata o povo de Israel, o grupo que busca “direto ao Criador” (Yashar-Kel), que Abraão organizou como um só povo. Mesmo hoje, as pessoas ainda choram com o desastre.

Mas seria mais correto transformar toda a memória da catástrofe na base para correção. O Museu e Memorial do Holocausto deve mostrar por que ele ocorreu, de onde veio esta terrível falha, e o que deve nos ensinar. Ele se destina a nos ensinar como podemos sair desta aflição.

No lugar da catástrofe, nós podemos desenvolver uma nova atitude do povo de Israel para com o Criador que seja mais madura e proposital. Apenas lágrimas e juras de que nunca vai acontecer de novo não vão nos proteger de futuros desastres. Naquela época, não conseguimos evitar o desastre, e por isso não podemos hoje.

O que pode ser feito, a fim de sermos capazes de influenciar os acontecimentos e não permitir que isso aconteça novamente? Como podemos aprender com o passado e encontrar a força que nos permite, de agora em diante, agir de modo que isso realmente nunca aconteça de novo? Hoje, nós temos que corrigir os danos que não fomos capazes de eliminar nos dias da catástrofe. Portanto, isso ocorreu a fim de fazer as correções pelo caminho do sofrimento.

A unidade do governo superior é um fato muito difícil, que não é aceito por uma pessoa comum, com todos os problemas e tragédias desta vida que ela tem que passar. As pessoas não entendem como é possível que o Criador tratou tão mal a nação de Israel, que foi o grupo “aspirante direto ao Criador”, orientando-os através de tal sofrimento.

Basta olhar para o caminho que o povo de Israel passou, em todo o sofrimento experimentado por nós durante os 2000 anos de exílio. Por que isso aconteceu? Qual foi o nosso erro e por que não aprendemos com isso? Por que até hoje não queremos tirar conclusões? Na verdade, com o antissemitismo crescente dia após dia, hoje pode haver uma catástrofe muito pior do que a que ocorreu na Europa há 70 anos.

Este é um assunto muito doloroso, mas temos que discuti-lo. Não há saída, e nós temos que olhar para o que aconteceu em termos do propósito da criação e das forças que atuam na natureza. Nossa tristeza pela perda é apenas o passo inicial para a produção de uma ação prática através de uma educação ampla e correta para o povo de Israel e o mundo inteiro.

Esta educação deve mostrar às pessoas que forças terríveis podem ser reveladas se não as transformarmos em forças boas. A escolha está em nossas mãos! Nós mesmos escolhemos quem nos dominará: a força do mal ou a força do bem, Faraó/egoísmo ou Criador/doação; deve ser um dos dois.

Nós devemos explicar isso em programas de televisão, workshops e debates. Isso não se aplica somente aos judeus. Hoje, nós avançamos tanto que o mundo inteiro tem que ser incluído na correção. É por isso que o governo superior começa a tratar o mundo da mesma forma que tratava antes o povo de Israel.

No passado, o governo superior exigia apenas que o povo de Israel se aproximasse da doação, mas agora isso é exigido de todo o mundo. Assim, todo o mundo está no limiar de um grande sofrimento: a guerra de Gog e Magog, a terceira guerra mundial que foi descrita pelos profetas, até uma infinidade de problemas e desgraças. E tudo isso pode acontecer porque o mundo não está avançando no caminho correto.

Naturalmente, o povo de Israel vai sofrer mais porque tem que passar a Luz para o resto. Mas o mundo inteiro também estará envolvido nesse desastre. Não vai ser como antes, uma catástrofe só do povo judeu. Protestos, problemas e revoluções irão ocorrer em qualquer local do mundo. Nós já podemos ver a primeira agitação de conflitos, que são destinados a explodir no futuro e envolver toda a terra.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 29/10/14, Shamati # 1

Comente