Não Há Nada Além De Bondade

Dr. Michael LaitmanBaal HaSulam, Shamati # 1, “Não Há Outro Além Dele”: Está escrito: “Não há outro além Dele”. Isso significa que não há nenhuma outra força no mundo que tenha a capacidade de fazer algo contra Ele. E o que o homem vê, que há coisas no mundo que negam a Providência Superior, o motivo é que esta é a Sua vontade. E isso é considerado uma correção, chamada “a esquerda rejeita e a direita aproxima”, o que significa que o que a esquerda rejeita é considerado correção.

“Não há outro além Dele”, significa que tudo o que acontece é resultado de uma dominação, uma influência, embora pareça que existam duas forças ou até mais. As pessoas acreditam que há muitas forças diferentes no mundo ou, pelo menos, duas: o bem e o mal.

Mas é tudo por que a força superior, um pensamento, uma meta, o que significa uma dominação, opera em nós de maneiras diferentes. Estas ações da Providência parecem diferentes e opostas a tal ponto que é como se estivessem numa luta entre si.

Nós não entendemos o ponto nos eventos bons ou maus, felizes ou trágicos que nós e o mundo em volta passamos. Quando olhamos para o que está acontecendo em torno de nós, não podemos atribuir as forças opostas do bem e do mal a um objetivo, a uma dominação. Na verdade, é sobre esse ponto que devemos concentrar todos os nossos esclarecimentos. Todos os mandamentos na Torá são destinados a isso, a fim de nos ajudar a revelar que por trás da multiplicidade de forças que operam em nós e nos dominam, só há uma dominação. Todo o nosso trabalho reside em esclarecer que não há outro além Dele. Este é o nosso objetivo principal.

Além disso, nós descobrimos que esta força é boa e benevolente. Toda ação em todos os momentos de nossa vida é de acordo com o domínio de uma Providência superior. Portanto, nosso objetivo deve ser tentar e ansiar descobrir a única dominação em qualquer momento e justificá-la como boa e benevolente.

Nós revelamos a dominação boa e benevolente, a tal ponto que começamos a amar a força superior, como se diz: “Ame o Senhor com todo o teu coração, com toda a tua alma e com toda a tua força”. Esta é a forma como devemos reconhecer Suas ações, descobrindo em todos os meus vasos que a Providência superior é única e boa.

Ao mesmo tempo, ela é, na verdade, a forma oposta que se revela em todos os desejos e em cada pensamento que temos, negando o fato de que a força superior é boa e benevolente e que não há outro além Dele. Por outro lado, nós temos que trabalhar em todos os nossos vasos e pedir correções, a fim de descobrir que o Criador é a única força que opera no mundo e que Ele nos trata com bondade infinita.

A decisão de que não há outro além Dele coloca a pessoa no caminho certo da vida. Ela já sabe o que tem que fazer em cada momento da sua existência.

Na verdade, esta é a única coisa que uma pessoa precisa. Ela só precisa se preocupar um pouco com as necessidades básicas do seu corpo físico no nível animal, enquanto que todos os seus esforços e recursos devem ser focados nisso, para chegar mais perto da revelação de que não há outro além Dele, e que Ele é bom e benevolente em qualquer situação possível, mesmo que elas possam negar uma à outra.

Então, a pessoa descobre que tudo o que ela tem passado na vida, todas as preocupações e confusões, só ocorreram para ajudá-la a descobrir ainda mais profundamente a singularidade de que não há outro além Dele, o bom e benevolente.

Então nós vemos que o único objetivo do nosso trabalho e da nossa existência neste planeta no estado chamado “este mundo” é destinado a esta revelação da força superior. Vamos então continuar o nosso trabalho em outros níveis, em todos os 125 níveis, até o fim da correção, para que todos sintam em cada vaso e em todos eles juntos que não há outro além Dele e que Ele é o bom que faz o bem.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 29/10/14, Shamati # 1

Comente