Exílio Espiritual E Físico

Da antiga Babilônia até a destruição do Templo, o grupo de Abraham passou por muitos vários estados, subidas e descidas. É devido ao egoísmo a que eles foram forçados a unir-se uns com os outros na medida em que eles revelaram as leis anti-egoístas internas da natureza que eles escreveram no livro chamado a Torá. A Torá é o guia pelo qual devemos viver hoje.

Através do cultivo de boas relações uns com os outros, consideração, confiança mútua, e apoio, eles revelaram uma força especial de conexão dentro desta unidade, que é a força da natureza. Esta força mantém dentro de si todo o universo e causa seu movimento em direção à harmonia.

Esta foi a maior descoberta dos descendentes do grupo de Abraão. Tendo compreendido a força fundamental da natureza que causa o desenvolvimento da humanidade, eles viram o processo pelo qual ela se desenvolve.

Com o tempo, saindo da escravidão no Egito, eles novamente retornaram ao seu país chamado Israel, a terra de quem busca o Criador, onde construíram um Estado baseado no amor aos outros e às leis da confiança mútua.

Essas leis foram introduzidas na vida cotidiana através do Sinédrio, que era um conselho de sábios que haviam alcançado um elevado nível de altruísmo, que claramente disseram-lhes a forma de avançar e o que fazer. Assim, os sábios lidavam com os problemas do povo e os levavam para frente. O povo existia nesse estado antes do tempo chamado a destruição do Templo.

Por muitas centenas de anos e com cada geração lutando com o seu ego e subindo acima dele, eles chegaram a um estado em que um aumento inesperado do egoísmo ocorreu dentro deles e que eles não podiam cobrir aproximando-se uns dos outros. Através deste egoísmo, a sociedade se desfez.

Foi então que as guerras intestinas, desconfiança e discórdia começaram, levando às invasões dos gregos e depois dos romanos. Assim, o trajeto do estado de Israel terminou. Todo o grupo de pessoas passou de seu estado espiritual para o exílio, de um estado de “amar o teu próximo como a ti mesmo” para uma descida ao egoísmo normal de todos os dias.

Em sua vida física, o exílio espiritual se manifestou na forma de exílio físico. Os romanos, que conquistaram a terra de Israel expulsaram os judeus que foram forçados a começar seus séculos de peregrinação.

Mantendo-se junto de forma puramente egoísta, a fim de não morrer e sobreviver de alguma forma, eles foram obrigados a mudar de país para país, onde receberam abrigo temporário. Assim, os 2.000 anos de exílio do povo judeu passaram-se desta forma.

[147954]

De KabTV “Histórias Curtas” 24/10/14

Material Relacionado:
Reunir As Rosas Entre Espinhos
Pioneiros Na Correção Do Mundo
A História Do Povo Judeu

Comente