O Amor De Uma Visão Panorâmica

Dr. Michael LaitmanNão há nada mais forte do que a conexão entre um homem e uma mulher que se tornaram próximos um do outro. Desde a infância, cada um de nós sonha em encontrar um amor, ser amado, e ser cercado de calor por todos os lados. Nós buscamos essa ternura materna toda a nossa vida.

Não faz diferença quem você é e o que você é, e se você é jovem ou velho, ingênuo ou experiente, casado ou solteiro, a necessidade de um relacionamento é comum a todos nós. O papel do amor e da sua influência é maior do que qualquer outra coisa. Problemas familiares são expressos no trabalho, na nossa saúde, e em outros aspectos de nossas vidas. Não há nada mais forte do que essa conexão, ou o desejo por ela quando ela entra em colapso. Toda a nossa vida gira em torno do amor.

Vamos primeiro nos afastar dos detalhes e tentar olhar para isso de longe, de uma visão panorâmica.

Por natureza, uma pessoa tem que fazer parte de um ambiente. Nosso ambiente global é a terra onde vivemos e as condições físicas do ambiente. Tudo isso nos permite crescer e desenvolver.

Nossa vida começa com uma pequena semente no útero da mãe. Aqui, no lugar mais seguro que a Natureza preparou para o homem, ele tem total apoio. Ele não tem que fazer nada e todos os sistemas necessários operam sobre ele.

Depois que nasce, o bebê alcança os braços amorosos de seus pais e familiares que cuidam dele. Indefeso, ele depende totalmente deles. Assim, o amor continua o seu papel de proteção da Natureza até a proteção de sua família.

Aos poucos, ele cresce e aprende a andar, como se envolto numa camada de preocupação geral que se baseia nas leis do mundo e da sociedade humana. Na medida em que cresce, ele recebe um tratamento afetuoso especial.

Conforme cresce, ele precisa de um ambiente ainda mais forte e confiável. Afinal de contas, ele encontra novos problemas. Parece que ele se tornou livre e independente, como se não precisasse de ninguém, e não dependesse de ninguém, mas, na verdade, não é assim. Não é por acaso que os nossos antepassados disseram que depois que um homem deixa a casa de seus pais, ele tem que se apegar à sua esposa, o que significa ter uma família para que as relações nela sejam fortes e duradouras, a fim cuidar de sua prole.

A Natureza imprimiu diferentes padrões de comportamento em diferentes animais: alguns se conectam aleatoriamente e a fêmea cuida dos filhotes, enquanto outras criam seus filhos juntos. Ao mesmo tempo, os seres humanos são obrigados a manter a conexão entre um casal por muitos anos, a fim de criar filhos independentes, pelo menos durante os primeiros vinte anos de sua vida até que tenham suas próprias famílias.

Assim, a nossa conexão e o nosso relacionamento têm que ser de longo prazo por Natureza, e nós temos que trabalhar na construção da continuação do útero materno, sob a forma de um berço, um jardim de infância, escola, um lar e uma família.

Nós mesmos temos que criar tudo isso para os nossos filhos. Por isso, nós precisamos de uma conexão boa, confiável e versátil que permitirá que um casal e seus familiares se complementem. Assim, através da união, eles criam o ambiente certo para a nova família e os bebês que nascem nela.

De KabTV “Uma Nova Vida” 22/07/14

Comente