Para Que Você Não Se Esqueça Do Presente Do Amor

Dr. Michael LaitmanDe Baal HaSulam, Carta 2: “Portanto, eu aconselho você a evocar dentro de si o temor da frieza do amor entre nós. Embora o intelecto negue esta descrição, pensar por si mesmo, se há uma tática para aumentar o amor e a pessoa não aumenta, isso também é considerado uma falha.

É como uma pessoa que dá um grande presente ao amigo. O amor que surge em seu coração durante o ato é diferente do amor que permanece no coração após o fato. Pelo contrário, ele diminui gradualmente a cada dia até a bênção do amor poder ser totalmente esquecida.

Assim, o receptor do presente deve sempre encontrar uma tática para torná-lo novo aos seus olhos a cada dia. Este é todo o nosso trabalho, para mostrar amor entre nós a cada dia, assim como na ocasião da recepção…”.

Do lado do Elyon (superior) nada mudou desde o início da criação, ao longo de todos os pontos no processo de evolução para o fim da criação. Tudo se desenvolve apenas de acordo com a nossa percepção, para que possamos reunir todos esses pontos durante o nosso desenvolvimento e em cada um desses pontos descubramos Ein Sof, o amor absoluto, “não há outro além Dele”, que Ele é o bom que faz o bem, e que além disso não há nada, mas a adesão com o amado.

Não há mudanças na atitude do Criador em relação a nós, e o que temos que alcançar é que a nossa atitude para com Ele também não mude. Então, se uma pessoa, por vezes, sente uma emoção repentina de amor dentro de si, ela deve saber que isso vem até ela como um exemplo. Agora ela deve despertar o mesmo sentimento em si mesma através do ambiente, estudo e oração, investindo toda a sua energia e utilizando todos os meios para o seu bem.

Ela deve concentrar toda a sua atenção apenas numa coisa, porque temos que chegar a este amor, não algum tempo depois, mas a cada momento descobri-lo dentro de nós. A cada momento, temos que tentar sentir o amor dentro de nós, utilizando todos os meios de pertencer a adesão com o Criador. Nós temos que estar numa inclinação incessante como esta, pois a cada instante nossos sentimentos mudam e somos constantemente obrigados a renová-los repetidamente. É assim que nos aderimos aos meios que nos conectam com o Criador e, assim, nos conectamos com o Criador através deles com conexões de amor.

A pessoa deve se lembrar de todos os seus pensamentos e emoções, renovando as memórias associadas com a descoberta da conexão, do amor e da devoção. Isso é chamado de fazer uma aliança com o Criador. O esquecimento chega a uma pessoa o tempo todo, mas ela deve sempre renovar seus sentimentos e voltar a esse amor. De acordo com o exemplo que é dado a ela de cima, ela deve tentar alcançar a mesma devoção abaixo.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 19/08/14, Escritos do Baal HaSulam

Comente