Procurando Uma Solução Num Círculo De Iguais

Dr. Michael LaitmanPergunta: Num workshop, num círculo, será que todo mundo deve expressar a sua opinião?

Resposta: Não, este não é um debate televisionado que preenche todos os canais agora. Se todo mundo começa a trazer argumentos de sua mente corpórea e mostra a todos o quão inteligente é, isso não vai levar a nada. Num círculo não há lugar para caras sábios. Nós só precisamos de conexão, e na conexão todos são iguais.

Nós chegamos a um workshop para nos conectar e encontrar o poder da unidade, da sabedoria compartilhada. Portanto, entre nós não há espertos justos ou inteligentes, ninguém está certo ou errado, e todos são iguais. Nós nos reunimos para realizar esforços mentais internos para o bem da unidade entre nós, para sentir o poder da nossa unidade no seio da conexão interna entre nós. Este poder é descoberto graças aos nossos esforços.

Não há lugar aqui para debates. Basicamente, não há sequer necessidade de falar. Seria ainda melhor se pudéssemos investir esforços internos e nos conectar sem palavras. No entanto, uma vez que não estamos acostumados a isso, somos obrigados a falar sobre algo. E o assunto pode ser mais comum e familiar.

Ninguém em um círculo expressa a sua opinião! Eu escuto o que você está dizendo e concordo com você 100%.

Comentário: Mas nós estamos falando sobre eventos atuais: sair ou não de Gaza, agir desta forma ou de outra.

Resposta: Por que nós temos que falar sobre isso, para começar? Nós somos um gabinete que toma decisões?

Pergunta: Mas nós queremos ouvir o que todo mundo pensa.

Resposta: Por que eu preciso ouvir o que todo mundo pensa? Como é que isso pode me ajudar? Nós nos reunimos num círculo não para ouvir as opiniões de todos, mas para analisar a missão singular do povo de Israel. Portanto, vamos discutir a nossa história, o nosso papel, nossa sabedoria, porque nós somos assim. É necessário falar sobre isso e não sobre a operação em Gaza.

Eu entendo que isso é uma questão que está queimando dentro das pessoas, mas a pessoa tem que se mover gradualmente da ação para o que a causou: Por que isso está acontecendo assim? Por que nos encontramos jogados numa situação como essa o tempo todo? Por que ficar repetindo o tempo todo? Por que não podemos corrigir isso de uma vez por todas? O que os vizinhos querem de nós e o que nós queremos deles? Existe um poder superior aqui que está “aquecendo” a nossa relação o tempo todo?

É possível começar com eventos atuais e se mover gradualmente em direção a uma discussão mais interna. Nós fugimos de questões reais e só queremos nos aprofundar em suas fontes.

Se nós começarmos a discutir como lutar e como o inimigo reage, o que é correto e o que não é, e o que todos os políticos dizem sobre o assunto, isso vai durar para sempre, sem qualquer benefício. Cabe a nós tentar examinar a causa, a solução. Afinal, a causa e a solução se encontram em um só lugar.

Mas geralmente as pessoas só falam de consequências externas que se renovam a cada dia e alimentam a mídia.

De KabTV “A Missão do Povo de Israel”, 08/07/14

2 Comentários

  1. Perfeito!

  2. Perfeito!!!

Comente