Encontrar A Fórmula Para A Felicidade

Dr. Michael LaitmanA felicidade não se mede pela riqueza ou pelo tamanho de sua casa, nem com quantos eletrodomésticos há na cozinha, nem pelo sucesso nos negócios. É impossível medi-la com valores materiais.

Primeiro de tudo, o sentimento de felicidade não é subjetivo; ele engloba grupos inteiros de pessoas. Por um lado, há uma medida de integralidade no índice de felicidade: se todos ao meu redor são miseráveis, eu não posso ser feliz.

Digamos que eu posso me sentir forte, isso também é temporário, porque também requer a confirmação de parte da sociedade. A felicidade pode ser sentida na unidade coletiva quando há apoio e acordo entre as pessoas.

Em segundo lugar, mesmo que a pessoa queira alcançar o que foi ensinado pela sociedade: dinheiro, status, poder, fama, etc., em essência, ela está inconscientemente buscando um sentimento de felicidade. Mas, uma vez que não lhe ensinam isso, ela permanece miserável toda a sua vida com um sentimento de falta de satisfação real. Em seus últimos dias de vida, quando ela olha para o passado, entende que não houve benefício em sua vida: nem para si, nem para seus filhos ou netos; eles, como ela, não serão felizes.

Assim, encontrar a fórmula para a felicidade e ensiná-la aos outros é a coisa mais importante na vida. Além disso, se você não ensinar aos outros, você não pode ser feliz sozinho, porque a sensação de felicidade, como os estudos têm mostrado, depende desta ser sentida entre os que estão ao seu redor. É nisso que a sabedoria da Cabalá está envolvida.

Da Convenção em Sochi “Dia Um” 13/07/14, Lição 1

Comente