Desenhe-Me Um Círculo

Dr. Michael LaitmanPergunta: Eu gostaria de separar o que está acontecendo hoje das histórias sobre os eventos históricos de milhares de anos atrás, que algumas pessoas acreditam e outras não. Eu sou uma pessoa realista, prática, e história antiga não me interessa.

Eu olho para o resultado e não concordo em absoluto que a situação na nação de Israel seja ruim e que esta nação necessite de mudanças radicais.

Quando eu ouço esses tipos de declarações de judeus, tais como: “Morte aos árabes! Precisamos entrar em Gaza e matá-los todos!” – fico chocado por pertencer a uma sociedade como esta. Eu considero que um comportamento como esse é inconsistente com o estado moral da nação de Israel e do povo judeu.

Será que você pode pegar uma folha em branco e desenhar como, em sua opinião, a nação de Israel deve se parecer, de modo que ela se torne um lugar no qual é possível criar filhos felizes, sem ter vergonha de que você é judeu e israelense?

Resposta: Esta é uma imagem muito simples que todos podem desenhar para si: um círculo e isso é tudo. Um círculo significa que todos estão conectados uns com os outros com relações boas e abertas. Isso significa que, no seio da sociedade, esses princípios funcionam: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”; “O que você odeia, não faça ao seu amigo”; “Ser como um homem em um só coração”, e “todo em Israel são amigos”.

Todos estes princípios devem ser realizados em nós em certa medida, desde um grau inicial até um grau total e completo; e, além disso, nós temos que oferecer isso como um exemplo para todas as nações do mundo; em outras palavras, é preciso “ser uma luz para as nações”. Se começarmos a nos empenhar nisso, vamos ver como o mundo inteiro vai entender e nos aceitar de forma totalmente diferente. As nações do mundo querem muito que o povo de Israel se torne um guia para elas.

Pergunta: Há espaço numa sociedade construída na forma de um círculo para afirmações como: “Morte aos árabes?”

Resposta: Certamente, num lugar como este, não há espaço para declarações como essa sobre quem quer que seja. A sociedade deve ser construída na forma de um círculo, e, dentro desse círculo, em última instância, o mundo inteiro vai entrar. No entanto, em primeiro lugar, o povo de Israel deve mostrar um exemplo para todos. Isto significa que, em vez de uma fonte de problemas, nós nos tornamos uma fonte de bem para o mundo inteiro.

Pergunta: Na escola, eles ensinam as crianças que é necessário realizar o princípio: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”, mas que isso só se aplica aos judeus.

Resposta: No entanto, nós só ficamos nas palavras com relação a esta regra geral. Isto não se chama ensinar o amor ao próximo. A criança percebe esse amor formalmente, como uma fórmula matemática árida.

Pergunta: Eu gostaria que quando meu filho ouvisse falar de mortos em Gaza, ele chorasse e não ficasse feliz. Esse é um pedido justificável?

Resposta: Você entende o que é esse amor que temos que alcançar quando o seu coração dói por alguém que você ama? Para você, o amor é uma fórmula árida que não está viva, se você está fazendo uma pergunta como esta.

“Amarás o teu próximo como a ti mesmo” significa que toda a humanidade está ligada em um homem. Nós temos que alcançar algo assim, e todos os problemas são enviados para nos aproximar ainda mais até conseguirmos entender, com a ajuda da sabedoria da Cabalá, e modelá-la, que o povo judeu deve mostrar ao mundo inteiro como alcançá-la através uma maneira curta, agradável e rápida.

De Kab TV “Uma Nova Vida” 14/08/14

Comente