Da Solidariedade Instintiva À Unidade Genuina

Dr. Michael LaitmanPergunta: O que precisamos fazer para nos tornar uma verdadeira nação de Israel? Pareceu-me que eu estava vendo exemplos de apoio mútuo e de solidariedade ao redor.

Resposta: Esta é uma solidariedade que surge intuitivamente durante um perigo comum, mas não é chamada de garantia mútua. Em tempos difíceis, todos nós estamos dispostos a ajudar uns aos outros, reunindo-nos instintivamente.

Isso acontece em qualquer sociedade, em qualquer grupo, e até mesmo entre os animais, pois fornece apoio psicológico, eleva o espírito e dá uma sensação de maior confiança e conexão. No entanto, não tem nada a ver com “Ama o teu próximo”.

O amor ao próximo é um vínculo mais profundo, de tal forma que ele só pode ser alcançado através de uma conexão especial entre nós, atingível através da sabedoria da Cabalá.

Nós recebemos um exemplo de tais sentimentos durante as discussões especiais num círculo, e nos workshops, mas isso não é suficiente. Nós precisamos passar a base deste método a todos, para que cada pessoa entenda de onde esse sentimento vem, por que ele surge, e como implementá-lo.

Cada um de nós deve se tornar um portador deste método, porque nele se encontra a vida e a alma da pessoa. Com ele, a pessoa constrói a sua existência eterna, sua independência. É por isso que não basta simplesmente ouvir sobre isso por alguns minutos. Em vez disso, a pessoa precisa entender em que mundo estamos vivendo e qual sistema nos opera. Com isso, podemos compreender as forças da natureza, alterá-las e usá-las para o nosso próprio bem.

Então, nós podemos mostrar um exemplo ao mundo inteiro e chamá-lo a se unir, “Olhem para o mundo que se abre diante de nós! Nós podemos subir a um grau absoluto e eterno, em vez de existir por algumas décadas nesta terra e terminando assim. Os portões para um novo mundo estão sendo escancarados diante de nós”.

Isto é o que cada um de nós inconscientemente aguarda e o que as nações do mundo querem. No entanto, o povo judeu segure a chave, e somos obrigados a abrir isso. Está pronto para o uso!

Eu espero sinceramente que a pressão que estamos sentindo hoje, a partir do antissemitismo interno que existe dentro de nós e da pressão externa, seja suficiente para virar a atenção de toda a nação para o ensino interior, em outras palavras, para a sabedoria da Cabalá.

Há pessoas com um livro de instruções como o qual esta nação deve viver. Sem elas, nós estamos tentando imitar as nações do mundo, mas isso não funciona. Nós precisamos nos estruturar de acordo com estas instruções.

Eu espero que o sofrimento que estamos enfrentando hoje seja o suficiente para chamar a nossa atenção para este tema, pois, caso contrário, os problemas vão aumentar e continuarão aumentando até que eles nos obriguem a nos tornarmos uma verdadeira nação de Israel e uma luz para as outras nações, a fim de levar o mundo inteiro à correção, à boa conexão.

Comentário: Nós o acompanhamos em suas boas esperanças!

Do Programa “Uma Nova Vida” 14/08/14

Comente