As Origens Do Antissemitismo

Um extrato da brochura “A Única Saída”.

Sobre que tipo de segredo nós estamos falando? É uma ideia, expressa em apenas seis palavras: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”. Qualquer segredo tem um preço. O preço deste segredo é o antissemitismo.

Antissemitismo não é um acidente ou capricho de alguém. Ele apareceu junto com o povo judeu, cujo pai, como todos sabem, foi Abraão.

“Um povo, uma nação, é como uma árvore que nasce com a sua própria sombra. Quanto maior a árvore, maior a sua sombra. Se você gosta, você pode chamá-la não de sombra mas de destino. A sombra do povo judeu é a profecia: visão do fim dos dias. A sombra dos romanos era a fama, a dominação de terras estrangeiras. A sombra dos russos é o antissemitismo”. (Albert Einstein)

Qual é a relação entre o princípio ético do “Ama o teu próximo como a ti mesmo” e o antissemitismo?

Primeiro de tudo, vamos olhar para as coisas de forma realista. É improvável que alguém que não seja os fracassados idealistas acredite que este ideal ético corresponda à natureza humana. Os últimos acontecimentos mundiais confirmam isso mais uma vez. Nós sabemos isso; isso é o que está acontecendo diante dos nossos olhos. Na verdade, o mundo está num beco sem saída.

Mesmo assim, imagine por um momento que alguém de alguma forma inimaginável conseguiu estar em conformidade com este princípio. O que acontecerá então? Então, haveria a esperança de que tudo pode ser diferente. E isso é importante. Então, nós teríamos a confiança de que é possível tratar a todos muito bem, e todo mundo vai tratar todo mundo da mesma forma. Então, a violência e a crueldade desapareceriam. As nações se tornariam amigas e viveriam em paz. A fome e a pobreza desapareceriam…

Mas isso é uma utopia, todos diriam, e estariam certos. Isso não é possível hoje, e não era possível ontem. No entanto, a história humana tem uma exceção a esta regra, o povo de Abraão.

Comente