A Guerra

Esta guerra em Gaza é a primeira guerra ideológica, em sua forma pura, na história moderna de Israel. Por todos os indicadores, somos milhares de vezes mais fortes do que os terroristas do Hamas, mas ganhar hoje não é com armas, mas com uma ideia.

Primeiro de tudo, aquele que tem uma ideia vence, e em segundo lugar, aquele cuja ideia é mais forte ganha.

A ideia do Hamas é simples e clara. O que eles querem é conquistar Israel.

Em 2005, Israel retirou suas tropas e evacuou seus assentamentos de Gaza. Assim, os libertamos da nossa presença. Agora, o Hamas não tem nada a libertar, exceto uma coisa, é a vez de libertar Israel dos judeus.

Portanto, eles disparam foguetes contra nós, rastejam por túneis e nos atacam com facas nas ruas. Eles não apresentaram quaisquer demandas; eles não querem nada de nós. Eles só não nos querem. Eles criam seus filhos com esta ideia. Por causa desta ideia, eles estão prontos para morrer e matar qualquer um que interferir com ela.

Nós todos somos como alguém pronto para lutar e morrer pelo nosso país, mas o Exército não pode derrotar esta ideia. A ideia só pode ser derrotada por outra ideia.

Tudo é claro com o Hamas: eles estão unidos pela ideia da destruição de Israel. Com o que se pode opor a isto? Que idéia temos?

Do Folheto “A Única Saída”

Comente