O Potencial De 99% Da Humanidade

Dr. Michael LaitmanPergunta: Alguns amigos, quando eles saem para disseminar às pessoas, cinicamente acreditam que estamos envolvidos com a educação, a fim de ensiná-las a viver. Mas o público externo sente muito fortemente que através de sua arrogância eles estão se colocando acima do público. Como isso pode ser evitado, para que possamos ser sinceros para com o público em geral?

Resposta: Pessoalmente, eu olho para o público externo como um público que não conhece a si mesmo, mas tem um potencial enorme. Em cada dona de casa ou gari há um potencial latente, muito maior do que em mim. Então, eu tenho uma atitude muito cuidadosa e útil para com eles.

Afinal de contas, em princípio, são eles e não nós, que carregam um desejo enorme, e quando ele começa a se manifestar neles, nós vemos esse gari ou dona de casa com tais desejos inesgotáveis e tais possibilidades ilimitadas de adesão para compor o toda a massa universal quebrada que não existe dentro de nós.

Assim, por um lado, existem ações numa linha (Kav), e, por outro lado, ações em círculos (Igulim). Nós aprendemos isso na segunda parte da “Introdução ao Estudo das Dez Sefirot“.

Se nós estamos agindo numa linha, neste caso, 99% do público em geral não existe para nós, mas somente aqueles que têm a intenção exata em direção ao Criador. No entanto, se estamos falando de um círculo, sobre Malchut de Ein Sof (mundo do Infinito), sobre Ohr Makif (Luz Circundante), isso pertence aos 99% da humanidade. Lá, tudo é oculto neles.

Portanto, é preciso se relacionar com eles com uma intenção de longo prazo – não hoje, mas em mais alguns anos – mas tudo será descoberto desde lá, como está escrito: “Preste atenção nos filhos dos pobres, pois a Torá sairá deles” (Nedarim 81a), ou seja, a Luz.

Se alguma vez eu pessoalmente tive um preconceito, desprezo, pelos asiáticos, sul-americanos ou africanos, em comparação com os europeus e norte-americanos, no processo de me familiarizar com eles, a minha opinião mudou radicalmente. Eles não são apenas iguais em meu entendimento, mas mudaram de lugar. Curiosamente, eles são os portadores de tais habilidades intelectuais e analíticas, tal potencial de exame e análise, que não existe entre os europeus.

Assim, o Kli (vaso) circular, as massas, são ‘portadores de grandes possibilidades potenciais e imensos desejos que serão descobertos mais tarde e, com eles, o Criador será revelado.

Da Convenção em Sochi 09/06/14, Lição 1

Comente