Nós Podemos Prevenir A Ameaça

Dr. Michael LaitmanPergunta: Em 1940, Baal HaSulam escreveu sobre o perigo que paira sobre nós. Mas hoje nós vemos que esse perigo não é mais potencial. Se não nos conectarmos, poderemos vê-lo tornar-se realidade em nossos filhos que estão sendo sequestrados (em Israel).

Resposta: Depende de como você olha as coisas. A maioria das pessoas não pensa dessa maneira e continua sua vida como se nada tivesse acontecido. Elas podem estar prontas para participar de algumas ações pelos meninos sequestrados, e aqui também, não é todo mundo. Todo mundo tem cálculos muito egoístas; por isso, por enquanto, nós somos forçados a avançar pelo caminho do sofrimento, ao longo do caminho “em seu tempo”.

A fim de mudar de “em seu tempo” para “eu vou apressá-lo”, nós precisamos de um poderoso sistema de educação para que as pessoas entendam que podem mudar as coisas e ganhar alguma coisa com isso.

Deve ser um grande sistema de esclarecimento, que inclua toda a nação. Este não deve ser resultado dos sofrimentos, golpes e problemas. Não devemos esperar o momento que as pessoas estejam prontas a nos ouvir. Não devemos esperar pelos golpes, mas queremos chegar até elas quando elas se sentem bem, e levá-las a um estado ainda melhor. Nós temos que estabelecer um sistema gradual de educação que influencie cada vez mais as pessoas.

Nós estamos passando por um difícil processo de aprendizado prático com o público. Nós aprendemos o que as pessoas aceitam, o que elas não aceitam, como devemos abordá-las melhor, como falar com elas, e qual deve ser a nossa verdadeira mensagem. Assim, nós ensinamos a nós mesmos como aprender com os outros.

Comentário: É assustador pensar no que pode acontecer se não conseguirmos realizar o nosso trabalho e impedir a guerra do Armagedom que os profetas descreveram.

Resposta: Não há nada a temer! Se fizermos tudo o que pudermos e tentarmos transmitir o método de correção às pessoas e atraí-las ao objetivo da criação, é o suficiente. Mesmo que vejamos que não temos sucesso, isso ainda funciona. Nós abrimos uma passagem para a Luz Circundante (Ohr Makif) e a deixamos reformar tudo.

É como um bebê que num dia avança no aprendizado sobre o mundo muito mais do que um adulto pode avançar em um ano. Mas um bebê não entende isso e age inconscientemente.

Isto é o que acontece conosco. Nós agimos sem entender, tentando de uma forma ou de outra, e parece que não conseguimos. Mas esses estados são, na verdade, os mais benéficos para o avanço. Assim, nós não criamos uma barreira para a Luz, uma vez que estamos muito confusos e isso é realmente algo bom!

Pergunta: Será que nós podemos evitar a guerra do Armagedom se continuarmos desse jeito?

Resposta: Nós já estamos em guerra. Se continuarmos a trabalhar desta forma e outras partes do país se juntarem a nós, a fim de cumprir esta missão, este objetivo, então não há dúvida de que tudo ficará bem e as coisas vão melhorar rapidamente. Eu não prevejo quaisquer desastres nesse caso.

Mas nós temos que tentar ficar à frente dos golpes de modo que eles não nos alcancem. Nós temos que correr mais rápido que o chicote que está prestes a nos bater. Nós somos capazes de fazer isso graças à importância do objetivo, de modo que não teremos que escapar do chicote, mas vamos ansiar em avançar, porque valorizamos a conexão e o objetivo.

Da 5ª parte da Lição Diária de Cabalá 19/06/14, Escritos do Baal HaSulam

Comente