Um Dia Eterno

Dr. Michael LaitmanA Torá, “Levítico” (Tzav), 06:8-9: “E o Senhor falou a Moisés, dizendo: Dá ordem a Aarão e a seus filhos, dizendo: Esta é a lei do holocausto; o holocausto será queimado sobre o altar toda a noite até pela manhã, e o fogo do altar arderá nele”.

Um altar refere-se aos sentimentos e desejos que uma pessoa pode corrigir de ódio em amor. A correção é feita à noite, no escuro, quando a pessoa não vê qualquer benefício próprio, pois, caso contrário, tais ações não seriam a fim de doar, focadas na conexão com os outros.

Por isso, nós trabalhamos no escuro até o amanhecer. Isso significa que não sentimos a Luz, o início de um novo dia, a menos que nossos desejos sejam corrigidos.

O fogo que queima todas as intenções egoístas incorretas deve queimar até a manhã, até que mudemos todos os nossos desejos em altruísmo e comecemos a sentir a Luz Superior chamada manhã, de acordo com a lei da equivalência de forma.

Pergunta: Qual é o significado de “sobre o altar toda a noite até pela manhã, e o fogo do altar arderá nele”?

Resposta: Esse trabalho nunca acaba. O estado mais correto é a sensação do dia e da noite, como está escrito: “Aqui é o dia para você e aqui é a noite também”.

A Torá nos diz que no futuro não haverá noite. Quando todas as nossas intenções egoístas queimarem e apenas os desejos com intenções altruístas a fim de doar restarem, vamos começar a sentir só o dia.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 06/12/13

Comente