Parece Que Você Está Indo Para Trás

Dr. Michael LaitmanBaal HaSulam, Shamati # 1 “Não há outro além Dele”: Está escrito: “Não há outro além Dele”. Isso significa que não há outra força no mundo que tem a capacidade de fazer qualquer coisa contra Ele. E o que o homem vê, que há coisas no mundo que negam o Governo Superior, a fonte solitária, a razão é que esta é a Sua vontade.

O Criador quer nos dar a sensação de que, supostamente, há outras forças e fontes de influência existindo no mundo: a própria pessoa e muitas outras pessoas.

E é considerada uma correção, chamada a esquerda rejeita e a direita acrescenta, duas formas de supervisão superior para ensinar uma pessoa. Isto é, que o que a esquerda rejeita é considerado correção. Isso significa que há coisas no mundo, que, para começar, tem o objetivo de desviar a pessoa do caminho certo, e pelas quais ela é rejeitada da santidade, da conexão com o Criador.

E o benefício das rejeições é que através delas a pessoa recebe uma necessidade e um desejo completo para que o Criador a ajude, porque ela vê que sozinha não pode manter a imagem certa da realidade. Uma vez que ela vê que de outro modo está perdida, vai embora,  está perdida neste mundo.

Não só ela não progride em seu trabalho, mas vê que regride. Torna-se constantemente mais e mais difícil para nós mantermos a conexão com o Criador. E muitos abandonam este caminho; eles pensam que podem não estar aptos para ele ou que o próprio caminho não está certo e que leva a uma meta inatingível.

Nós não entendemos que as dificuldades são dadas a nós intencionalmente. É bom que não tenhamos sucesso! Pois então sentimos uma necessidade pelo Criador e começamos a nos aproximar Dele, e não apenas de forma inteligente superamos algum tipo de tarefa. O Criador nos dá intencionalmente tarefas cada vez mais difíceis que não podem ser levadas a cabo para que possamos pedir a Sua ajuda; vamos querer nos aproximar Dele e não lutar sozinhos com as dificuldades.

Antes de sermos capazes de aderir ao Criador, nós tentamos compreender e sentir o que está acontecendo na vida. No começo todo mundo queima de emoção e está cheio de energia. Mas, depois, nós gradualmente nos esfriamos e começamos a ver que não é fácil. E o principal é entender ao mesmo tempo que este é um processo natural.

Nós não avançamos egoisticamente de um sucesso para um sucesso maior. Especificamente a falta de sucesso em perceber a realidade, em compreender o mundo, é um bom sinal. Isso mostra que nós vemos o quanto não estamos prontos para nos dar bem sozinhos e precisamos da ajuda do Criador.

A questão principal aqui é não fugir, mas continuar a avançar. Se uma pessoa não julga o que está acontecendo de acordo com o seu intelecto material, mas percebe corretamente, então ela entende que decepção, desespero, confusão e falta de sucesso são enviados por um poder superior, que não há outro além Dele. Então ela chega à decisão que ninguém pode ajudá-la, exceto o próprio Criador. Isso faz com que ela faça um pedido sincero que o Criador abra seus olhos e coração, e realmente a aproxime da adesão eterna com o Criador.

Isso significa que ela exige se aproximar e aderir ao próprio poder superior e não a solução para seus problemas materiais. Ela não quer mudar e compreender o mundo; ao contrário, quer se conectar com o Criador através dele. Segue-se, portanto, que todas as rejeições que ela experimentou vieram do Criador. Isso significa que não foi porque ela estava em falta.

Precisamente porque o Criador não dá a possibilidade de avançar, aparentemente confunde, rejeita e cria distúrbios, Ele apresenta ajuda à pessoa, mostrando-lhe suas deficiências em seu estado atual, enviando-lhe pensamentos e argumentos que são contrários ao trabalho espiritual. E tudo isso é para que a pessoa veja que o que lhe falta é a união com o Criador, e não a prosperidade neste mundo.

E por mais que ela supere, ela sempre vê como está mais distante da santidade do que outros. Ela olha para os amigos e vê que todos parecem avançar, enquanto ela não. Mas, por outro lado, ela sempre tem queixas e demandas, e não pode justificar o comportamento do Criador, e como Ele se comporta em relação a ela. Isso lhe dói. Por que ela não é um com o Criador? Finalmente, ela passa a sentir que não tem qualquer parte na santidade… No entanto, isso é o que faz com que ela venha a perceber que só o Criador pode ajudar e realmente aproximá-la.

Da Convenção na França “Um por Todos e Todos por Um”, Segundo Dia 10/05/14, Lição 2

Comente