O Que A Torá Nos Diz

Dr. Michael LaitmanA Torá, “Levítico”, 1:9: …Mas suas entranhas e suas pernas, ele deve lavar com água. Em seguida, o sacerdote (Cohen) queimará tudo (o animal) isso no altar, como um holocausto, uma oferenda queimada, (com) um aroma agradável ao Senhor.

Um aroma agradável ao Senhor são as partes do nosso desejo corporal que não podemos usar para o bem do Criador. Nós as elevamos para o próximo nível na forma de fogo e fumaça como se as queimássemos. Ao mesmo tempo, nós não as apreciamos, mas deleitamos o Criador. A palavra “aroma” refere-se ao atributo de Ruach.

Todos os desejos que foram anteriormente utilizados egoisticamente têm que se tornar kosher, o que significa ser dignos de doação para utilizá-los em benefício dos outros. Portanto, não há tal matéria em nosso mundo (matéria é um desejo ao nível da natureza inanimada, vegetal, animal e falante) que pode ser usada diretamente para a doação sem ser modificada por determinadas ações.

Toda a Torá fala só sobre isso. Então, trazer oferendas, o Tabernáculo, a Arca Sagrada (onde é mantida a Torá), as cortinas, a Menorá e todos os outros objetos simbolizam os atributos internos de uma pessoa.

A Torá descreve como esses objetos são preparados, de que são feitos, quem deve prepará-los e em que condições. Por exemplo, durante a construção do templo, utilizaram-se cedros do Líbano. Eles trouxeram o cobre de um determinado lugar e de outro trouxeram a lã de carneiros especiais. Tudo isso indica que uma pessoa tem que escolher essas partes de seus desejos e usá-los dessa forma particular e corrigi-los a fim de doar.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 13/11/13

Comente