Mergulhar Em Sentimentos Espirituais

Dr. Michael LaitmanPergunta: Onde está o Criador antes que a pessoa O descubra?

Resposta: Em nenhum lugar. Eu sempre vejo que as pessoas não entendem que o Criador não existe. Nós mesmos O criamos ao ascender para o nível superior. É o próximo estado na nossa evolução, e quando o alcançamos, fazemos o Criador, como está escrito no Livro do Zohar, “Vocês Me fazem”.

No entanto, nós O criamos pelos atributos que Ele preparou para nós com antecedência, nos quais há uma força que não descobrimos que é chamada de Atzmuto. Nós descobrimos a imagem do Criador dentro de nós ao alcançá-Lo em nossos atributos internos, em nossos sentidos interiores.

Depois que determinarmos nosso contato com o Criador, a pessoa avança de acordo com diferentes princípios. No entanto, não significa que ela tenha qualquer garantia especial. Pelo contrário, ela encontra obrigações cada vez maiores no que se refere a nós mesmos e aos outros. No entanto, ao mesmo tempo, ela também descobre um apoio cada vez maior.

A principal coisa é subir para o primeiro nível, e isso é um problema. Depois, há dificuldades totalmente diferentes que a pessoa encontra, como um especialista que se torna cada vez mais envolvido em sua profissão. Ele já está dedicado a ela, imerso nela e encontra exclusivas sutilezas e problemas nela. No entanto, eles não se repelem já que ele está totalmente envolvido nela.

Ela já viu nosso mundo como um fraco reflexo do mundo superior, o que é apresentado de propósito a nós nas emoções distorcidas para que saiamos delas e abramos nosso caminho para os verdadeiros sentimentos e vejamos tudo o que acontece entre nós, não como a verdadeira realidade, mas como uma forma de orientação.

Comentário: Portanto, ela provavelmente sente pena das outras pessoas que jogam com os brinquedos do mundo corpóreo.

Resposta: Por que ela deveria sentir pena? Eu tenho filhos e netos, e não sinto pena deles. Eles são partes do enorme desejo de receber geral que também vai passar por esses estados com o tempo. No momento, eles estão simplesmente em outro nível.

A propósito, a pessoa torna-se indiferente aos seus parentes em certa medida. Ela não tem vontade de dedicar mais atenção a eles do que a qualquer outra pessoa. Ela se torna um cidadão do universo.

Ela entende a objetividade do que está acontecendo e trata a todos igualmente. No momento em que ela tem impulsos espirituais, ela imediatamente passa seu conhecimento a eles. Ao mesmo tempo, ela não se compromete, mas faz isso com facilidade graças aos atributos altruístas que adquiriu. Diz-se que um pai deve ensinar a seu filho um ofício, o que significa trazê-lo até o nível de Bina.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 27/11/13

Comente