Alegria Única

Dr. Michael LaitmanPergunta: Qual é a diferença entre a alegria na Torá e a alegria que sentimos neste mundo?

Resposta: É impossível compará-las. Primeiro a alegria corporal é temporária e não eterna, é limitada pelo vaso do desejo. Ela é tão pequena que é como se você estivesse trancado na prisão numa solitária e se alegrasse com um pedaço de pão e um pouco de água que lhe são dados.

É impossível comparar os prazeres deste mundo com os do mundo espiritual, porque eles são preenchidos em diferentes vasos. A alegria mais real e sincera neste mundo é a alegria de uma criança que se apega à sua mãe, sentindo seu calor e recebendo prazer físico e emocional dela. Em seus braços, ela sente que está no céu, respirando o cheiro dela, sugando o leite, totalmente aderida ao superior.

Não há sentimento melhor do que este em nosso mundo. Caso contrário, um bebê não seria capaz de crescer. Mas é impossível comparar este prazer com o prazer espiritual. Nosso mundo é fictício e temporário. Nós só podemos comparar os conceitos que estão ligados de alguma forma, que têm uma fórmula comum, como em matemática ou física.

Deve haver certa relação entre eles, de modo que esta possa ser verificada e medida em comparação com o padrão. Aqui, no entanto, não há nada que possamos medir.

Da 1a parte da Lição Diária de Cabalá 20/05/14, Escritos do Rabash

Comente