Tocando A Doação

Dr. Michael LaitmanPergunta: O que sente uma pessoa quando o atributo da doação está revestido em si em vez de o atributo da recepção? Vai ela para as estradas preenchida com amor por aqueles que vão passando, como se apreciasse a vista de montanhas e lagos enquanto conduz? É um sentimento permanente, ou passa imediatamente tal como o prazer que sinto por causa de uma bela vista?

Resposta: O preenchimento que se recebe da doação vai e retorna assim como os estados mudam constantemente. Porque é que pensam que este estado, este sentimento deve permanecer? O prazer que se sente da beleza da natureza é muito mais longo que o sentimento espiritual. Todo o estado espiritual termina no momento em que é sentido. Isto significa que já o tocou. Não é necessário senti-lo mais que um momento de forma a responder, é assim.

Se eu recebo a oportunidade de me relacionar com outros com maior zelo que por mim mesmo, isso não significa que eu tenho que abraçar e beijá-los. Posso até mesmo gritar a uma pessoa se ela não trabalhar correctamente; não faz qualquer diferença. A atitude interior pertence apenas à conexão das nossas almas. É como a atitude que se tem em relação a uma criança nossa, a quem se ama interiormente, enquanto exteriormente se faz aquilo que está ao nosso alcance de forma a educá-la, até que o interior e o exterior se tornem um.

O Amor sempre eleva uma pessoa acima de outros uma vez que o prepara para a doação, e a doação apenas é possível do grande para o pequeno. É um sentimento de pertença, mas não um sentimento egoístico como em relação à nossa própria criança. Não é possível descrever. É dito: “Provem e vejam que o Senhor é bom.” Não existe nada a que possamos comparar no mundo corpóreo.
[128292]

 

Comente