Revelando A Luz Do Amor

Como resultado da quebra dos vasos, entendemos que temos de voltar ao estado que precedeu a ruptura. Ao elevar MAN a partir do estado quebrado, nós nos esforçamos e expandimos nossos vasos 620 vezes. Então chegamos ao estado corrigido equipados com tal intensidade, como resultado de nosso esforço, que podemos revelar a Luz em toda a sua NRNHY, que é o objetivo da criação.

O Criador quer que revelemos Seu atributo de amor e doação, e não apenas que experimentemos apenas uma gota de seu enchimento. É como um bebê que recebe 100 gramas de mingau de sua mãe e, ao mesmo tempo, na verdade, também recebe todo o amor e carinho que sua mãe sente por ele.

Desde que fomos criados com o desejo de receber, não podemos provar nada mais do que uma pequena fagulha, “uma vela fina”, de toda a luz. Isto é realmente o suficiente, a fim de estar em contato e de alguma forma ligado ao Criador. Mas todo o resto é a Luz do amor, a Luz de doação, nossa atitude para com o outro. De acordo com a lei de equivalência de forma, temos que chegar a mesma atitude para com o Criador, a fim de revelar a Sua atitude em relação a nós.

Por esta razão, nos foi dada a ruptura dos vasos, assim descobriremos e revelaremos este estado quebrado e com isto descobriremos o estado corrigido. Então seremos capazes de entender a atitude do Criador para conosco. Então, todo o nosso trabalho é focado na conexão entre nós, e para que, acima da quebra, descubramos as relações corretas de amor e doação, em vez de separação e ódio.

O Criador é o atributo de amor e doação que é revelado dentro do vaso, no desejo. Este atributo é revelado entre nós, porque o amor não pode existir em uma pessoa, mas tem que ser dirigido a alguém. Dedicamo-nos a revelação desse atributo e temos que estabelecer as mesmas relações entre nós.

No início, nós não sentimos nada entre nós, nem as boas nem as más relações, mas nós começamos a trabalhar com elas ao evocar um ao outro. Entendemos que uma pessoa nunca vai despertar para o amor, doação, e conexão, por ela mesma. Elae tem que ser despertada; indicado um exemplo; inveja, luxúria e honra devem ser estimuladas; ela deve respeitar abertamente aqueles que se relacionam bem com os amigos e mostrar o seu amor, dar e preocupar-se com todos.

Devemos realmente invejar aqueles que se comportam desta forma no grupo, devemos querer ser como eles, e devemos respeitar este comportamento. Acontece que uma pessoa começa a despertar, e, de Lo Lishma (não por causa dele) e diversas ações com a intenção correta, ela deve simplesmente aprender com os outros e alcançar Lishma (por sua causa). Apesar do endurecimento do coração, ela deve estar sempre acima de qualquer divergência, diferentes problemas e conflitos entre os amigos, mostrando a todos o quão forte ela anseia por amor e conexão. Tudo o que conseguir com a Luz que Reforma são os níveis de conexões, estados que existiam antes da quebra.

[129,854].

Da preparação para a Lição Diária de Cabala 13/3/14

Comente