Critério Da Verdade

Dr. Michael LaitmanPergunta: Onde é possível encontrar a fronteira entre os esclarecimentos pessoais que eu mesmo preciso fazer e o momento em que preciso me voltar ao grupo para receber ajuda?

Resposta: Não há nenhuma fronteira. É melhor fazê-lo no centro do grupo. Mas é claro sem nos martelarmos com perguntas triviais: que batata descascar ou que pepino comprar?

Pergunta: Portanto, a discussão e a decisão em grupo superam o esclarecimento particular?

Resposta: Desde que você pessoalmente não se intrometa na opinião coletiva, você está acessando a sabedoria coletiva do grupo. Depois isso vai passar e começar a viver dentro de você. Então você não vai precisar se voltar a qualquer outro lugar.

Pergunta: Digamos que um amigo venha com uma ideia de morar em Israel. Ele pode ir ao grupo com essa ideia, e o que quer que o grupo decida vai ser o critério da verdade?

Resposta: Em primeiro lugar, o verdadeiro ponto é deixar o coletivo acima do pessoal. Esses tipos de perguntas sempre surgem. Nós certamente não nos opomos a uma pessoa que quer se mudar para cá, e não importa de onde ela é. Mas o princípio é que ela, em primeiro lugar, deve se perguntar: “Onde eu posso trazer o maior benefício?”.

Você sabe como costumava ser na Rússia, quando uma pessoa completava a academia militar, perguntavam-lhe: “Onde você quer servir, camarada”, e ela respondia: “Onde quer que a minha pátria me envie”.

Se uma pessoa é orientada especificamente de acordo com esta condição, de acordo com essa norma, com este nível, então com certeza ela é realmente um amigo valioso. Mas se ela quer se mudar por causa do clima ou porque vai ser melhor para ela aqui, então isso é duvidoso.

Assim, é necessário esclarecer em seu grupo e no grupo central, onde você é realmente útil e depois decidir se você tem fisicamente a possibilidade de se mudar para cá. Mas o principal é o lugar aonde você vai realmente trazer o maior benefício. Este é o critério da verdade.

Comente