O Verso Da Concorrência Irrestrita

Dr. Michael LaitmanOpinião (Jag Bhalla, empresário e escritor): “‘A competição gera eficiência’, é pregado como se fosse uma lei da natureza. Mas a própria natureza ensina uma lição diferente. A competição biológica pode criar custos tolos, e uma desgraça coletiva. O ‘Wedge de Darwin’ mostra por que, e nos lembra o ponto do ser humano. Nossas competições, e a lógica míope dos mercados livres, não precisam ser burros como árvores.

“Robert Frank cunhou ‘Wedge de Darwin’ para descrever situações em que incentivos individuais divergem das metas coletivas (às vezes até arriscando um castigo coletivo). Wedge de Darwin aplica-se a toda uma classe de problemas onde decisões racionais supostamente locais agregam-se mal (ver a falácia da composição do mercado). Estas incluem a tragédia dos comuns, jogos de Dilema do Prisioneiro, e o equilíbrio Nash. Neles, usar a lógica míope de auto-maximizar termina mal para todos. Mas abordados como problemas de ação coordenada, com monitoramento e fiscalização, os resultados podem ser guiados para benefício de todos. Os mercados livres não são aptos para tal mudança coordenada de agente cruzado, complexa e simultânea.

“Benefícios da competição surgem das limitações que ela cria. Restrições inteligentes e respostas criativas a elas, podem funcionar melhor do que o que emerge da competição irracional ‘natural’. O truque humano não é a auto-organização, é a outro-organização. Nós coordenamos uma equipe de sobrevivência por 10.000 gerações. Nossas escolhas agora são deixar o poder dos mercados ser burro como árvores, ou orientar suas competições para melhores resultados”.

Meu Comentário: O mundo está se tornando integralmente interconectado. É impossível desenvolver um plano de acordo com as nossas capacidades distintas. É impossível planejar todos os serviços de comunicação, a sociedade, a indústria, etc., calculando tudo, e gerenciando tudo como um único organismo. Este era um objetivo inalcançável para os comunistas, porque eles se relacionavam com a sociedade como um único sistema, criado por seus métodos singularmente forçados.

Agora, a comunidade humana está se tornando parte integral, não através da nossa escolha ou da unificação forçada como num campo socialista, mas como resultado do nosso desenvolvimento natural. A solução para o problema da sociedade interconectada pode estar apenas em levá-la a uma forma integral predeterminada.

Em primeiro lugar, nós temos que perceber que não somos livres: nós estamos no sistema da administração superior da natureza. Em seu desenvolvimento, a humanidade avança no caminho do desenvolvimento inconsciente, como uma criança. Esta fase termina em nosso tempo. A fase do desenvolvimento humano consciente terminou em nosso tempo. Desde o fim do século XX veio a fase em que temos que estudar a lei da natureza e segui-la. A natureza se manifesta como um sistema integral global e obriga-nos como humanidade a igualá-la.

Nós só podemos cumprir esta condição se reeducarmos as pessoas, através da mudança de nossas relações egoístas para altruístas.

Comente