Como Podemos Transformar A Noite Em Dia?

Dr. Michael Laitman“Introdução ao Livro do Zohar“, “A Torá e a Oração”, item 182: Vinde e vede um conselho para uma pessoa: quando ela vai para a cama à noite, ela deve tomar sobre si a realeza acima de todo o coração e vir mais cedo para depositar sua alma a Ele. …

E quando ela faz isso, a governança da noite não pode difamá-la por mais tempo e afastá-la do prazer do trabalho do Criador, pois para ela a noite e a manhã são um dia, e a noite é apenas uma parte real do dia. Por isso, ela é imediatamente salva de quaisquer doenças ruins e de todos os espíritos malignos, que não a controlam, pois a sua noite já dividiu o domínio da Sitra Achra, já que nada pode separar ela e a Divindade sagrada, e as forças da Sitra Achra e de Din não a governam mais.

Como nós podemos transformar a noite em dia? Claro que não há noite ou dia, e só parece assim nos meus desejos corruptos. Se deficiências adicionais são evocadas em mim e chega a hora de corrigi-las, eu sinto escuridão nelas, noite. Noite é a falta de unidade, falta da revelação do Criador, a força de doação que deve preencher todos os meus vasos.

Meus vasos são a minha realidade. O mundo inteiro é o meu vaso, toda a natureza inanimada, vegetal e animal, e os seres humanos, estão dentro de mim. Se o vaso é preenchido com a força de amor e doação mútua, que une tudo num todo, então não há nenhum grande ou pequeno, distante ou perto, tudo é um. Porque o amor cobre todos os pecados e apaga todas as diferenças. Isso significa que eu descubro o Criador, Ele me preenche, e eu me uno com Ele.

Mas ainda há mais desejos não corrigidos em mim que eu nunca senti e vi, e de repente eles começam a emergir e surgir. Então, eu começo a pensar seriamente nos amigos, no grupo, no professor e no Criador. Eu sou jogado de um lado para outro até que subo ao último nível, o fim da correção. Até lá, eu descubro níveis mais profundos e piores do meu ego, do meu Aviut (aspereza, grossura) cada vez maior. Eu sou jogado para longe da espiritualidade ou até mesmo me torno totalmente inconsciente de que já estava na espiritualidade e que agora a deixei. Os níveis grosseiros do Aviut corrupto que são revelados em mim vão ser tão grosseiros que podem me desconectar totalmente do sentimento e reconhecimento que eu tinha antes.

Então eu sinto noite nesses desejos. A noite é a força de separação e não só escuridão e perda de interesse na espiritualidade e na meta. Ou eu sou jogado a um estado de total desamparo ou eu desrespeito a meta espiritual e o grupo e estou ciente disso, ou eu posso perder totalmente este reconhecimento e descer de volta a este mundo me preocupando apenas com a minha existência corpórea, o que significa que perco até mesmo o nível humano deste mundo e desço mais e mais até o nível animal, até ficar totalmente incapaz de me mover, como um cadáver.

Todas essas forças que me separam da adesão com o Criador, da força única que domina e preenche toda a realidade com o atributo de amor e doação, são chamadas de escuridão e noite. Mas há um anjo chamado noite que realmente leva a gota de sêmen ao Criador e pergunta: “O que vai nascer dela?” Isso significa que a noite é realmente a força que leva a gota de sêmen da qual um ser humano se desenvolve. Uma pessoa nasce novamente a cada dia e deve determinar seu próprio destino: ser má ou justa.

Da 4ª parte da Lição Diária de Cabalá 20/01/14, Escritos do Baal HaSulam

Comente