O Ego De Uma Pessoa Que Trabalha Em Si Mesma

Dr. Michael LaitmanPergunta: Como podemos derrotar a Klipa de Canaã?

Resposta: A Klipa de Canaã é o desrespeito que a pessoa sente em relação aos meios para o seu progresso espiritual. Ela é revelada depois que a pessoa decide começar o trabalho espiritual e sair da Babilônia, ou seja, do ego geral. Por enquanto, este ego é revelado como o seu ego pessoal.

O ego é definido como a força de repulsão que a pessoa sente para com os amigos no grupo que anseia pela unidade e garantia mútua. Quando nós começamos a trabalhar em unidade, a repulsão que eu sinto em relação a cada amigo é chamado de meu ego. Este já é o ego de uma pessoa que trabalha em si mesma.

Mas o primeiro ego que foi revelado na Babilônia é um ego individual, pessoal, que eu sinto que devo abandonar. Eu me sinto mal e desconfortável. Ainda não estou certo de que é o ego, mas simplesmente quero sair da quebra, da vida despedaçada onde nada funciona. Sinto-me confuso. A torre de Babel simboliza os esclarecimentos iniciais, quando nos damos conta de que, se nos conectarmos, vamos nos sentir bem, assim como na educação integral.

A Klipa de Canaã é a força egoísta que aparece numa pessoa sob a forma de desrespeito para com o trabalho espiritual, o professor e o grupo. Ela está pronta somente para se conectar ao Criador: este é seu objetivo. Ela quer continuar a trabalhar individualmente, por si mesma, e não precisa do grupo. Ela ainda vê o professor como uma mera fonte de informações.

Este é todo o nosso trabalho. Tudo começa a partir de José, que é a figura mais importante, o qual significa o atributo que reúne (Osef) todos a este ponto. Nem os amigos, o grupo, ou o professor exigem respeito ou precisam de qualquer tratamento especial. Só é necessário a fim de nos concentrarmos corretamente na realização do Criador como uma unidade militar de elite, que age de acordo com esse princípio, de acordo com esses valores.

Cada um deve entender que não importa o quanto ele mente para si mesmo, a grandeza do Criador e o objetivo não podem ser maiores do que os meios, que são o professor, o grupo e o estudo.

Da Preparação para a Lição Diária de Cabalá 16/12/13

Comente