Exigências Da Vida

Dr. Michael LaitmanComentário: Hoje, tantos livros e panfletos foram escritos sobre o tema da Educação Integral. Nós certamente vemos que chegou o momento de criar um livro sobre a integralidade do mundo e maneiras de sair da crise.

Os livros dão uma ideia geral sobre o estado da sociedade, sobre o homem moderno, e a humanidade passando por uma crise. O que é bom sobre um livro, no entanto, é que ele sistematiza todo o material que já foi escrito, expresso, pensado e aplicada na prática.

Resposta: Na minha opinião, a primeira parte do livro deve ser dedicada ao estado atual da humanidade, que ela chegou como resultado do seu desenvolvimento. Nós estamos entrando num novo, desconhecido, completamente caótico, e até mesmo assustador período. Nós sentimos o nosso futuro como “terra incognita” (território desconhecido).

Poucas pessoas ainda não sentem que a humanidade está num beco sem saída. Algumas percebem isso de uma maneira mais consciente e consciente, outras sentem isso no nível da preocupação intuitiva, da incerteza com o futuro. Hoje, esses estados de espírito penetram toda a humanidade, uma vez que tanto na sociedade como na natureza algo está acontecendo que força até mesmo os céticos mais habituais e otimistas à questionar: “Por quê? E o que vai acontecer a seguir?”.

Eu não sou um profeta, mas se anteriormente as previsões da sabedoria da Cabalá eram realizadas ao longo de 20 anos, hoje em dia as coisas que estamos falando ocorreram dentro de 3 a 4 anos. O tempo está ficando mais curto.

Portanto, o nosso livro é muito importante porque deve direcionar a pessoa para a correta compreensão do futuro e da estratégia de vida que ela deve escolher neste estado complexo e completamente incompreensível de “caos”.

Nós vamos tentar tornar este livro fácil e acessível a todos, pois mesmo para as pessoas mais altamente educadas que pertencem à elite espiritual ou científica, tudo o que dizemos e escrevemos é muitas vezes novo e inesperado. Enquanto nós compreendemos essas coisas de uma maneira geral, como uma imagem completa, por enquanto, para a maioria das pessoas isso é ainda uma informação fragmentada com a qual pode-se concordar, mas não em relação à imagem completa. Portanto, cabe a nós descrever tudo num nível acessível e confortável.

De KabTV “Um Mundo Integral” 24/10/13

Comente