O Mundo Está Fazendo Uma Transição Da Recepção Para A Doação

Dr. Michael LaitmanNosso mundo está se tornando cada vez mais “redondo”; isto significa que o elo coletivo mútuo entre todos está sendo descoberto.Todos influenciam todos.

Há dez mil anos você teria atacado seu vizinho, você o teria matado e comido. Cinco mil anos mais tarde teria já parado de matar os vizinhos; teria percebido que era melhor escravizá-los.

Mais alguns milhares de anos e você teria atacado seu vizinho e o transformado num trabalhador, visto que um escravo já não valia a pena. Tudo é estabelecido de acordo com o que é útil para o desejo de receber. Mas hoje as coisas já não são como costumavam ser. Se você atacasse alguém e o conquistasse hoje, você iria começar a alimentá-lo e a se preocupar por ele. Portanto, na nossa época as guerras não valem à pena.

Vemos como o mundo, sem que ele se entenda, está gradualmente se convertendo totalmente de recepção em doação! Todos os sistemas (economia, saúde e assim por diante) devem se transformar para ser mais “redondos”; não temos outra escolha. Os governos são obrigados a distribuir dinheiro ao seu povo, para que todo mundo tenha algo para comer. Agora, as nações se transformaram em instituições de segurança social e departamentos de assistência social. Quer queira ou não, cada nação deve se transformar em um sistema que esteja principalmente preocupado com seus cidadãos.

Tudo isto é o resultado de que estamos nos aproximando dos “círculos”, dos vasos esféricos. Caso contrário não podemos existir em condições como estas. Mas neste tipo de forma não seremos liberados de problemas, porque essas mudanças são feitas de cima, a aprtir do governo, pelos círculos. Nós temos que fazer isto de baixo, através da correção da pessoa, através da “linha reta”.

O modo de correção de cima é um longo caminho de “reconhecimento do mal”. Por mais que isso pareça ser legal para nós hoje, que uma nação esteja preocupada com os seus cidadãos para que cada um faça tudo o que eles exigem, no final, isso trará imensa destruição. Em última análise, temos que descobrir que devemos começar a correção de baixo. Deve haver doação do lado da pessoa de baixo, portanto, devemos nos voltar para os estratos mais enfraquecidos, cuidar deles e trazer-lhes o método da correção.

“Círculos” é a descoberta do poder superior, a Luz superior, o Kli superior. Estes se tornam uma grande ameaça sobre nós. Todas as forças da natureza são reveladas na forma circular. Uma pessoa deve trabalhar sob a forma de uma linha reta.

Uma onda de tsunami que vem não leva em conta se você é uma pessoa boa ou má, rica ou pobre. Em vez disso apaga tudo em seu caminho. É assim que funcionam os círculos. Nós temos que nos tornar uma linha reta. Apesar da linha reta ser oposta ao círculo, quando ela se torna o doador, ela realmente preenche os círculos. Com isto podemos nos transformar em uma força que satisfaz o Criador. O convidado deve satisfazer o anfitrião, tal como o anfitrião deseja satisfazer o convidado. Isto é o que se chama alcançar a adesão através da equivalência de forma e da equivalência das ações.

Da 3ª parte da Lição Diária de Cabalá 11/11/13, Talmud Eser Sefirot

Comente