Família Como Um Meio De Ascensão Espiritual

Dr. Michael LaitmanPergunta: Será que devemos continuar a incentivar as pessoas a criar famílias?

Resposta: Nós estamos passando por uma fase do desenvolvimento humano em que a instituição familiar está se despedaçando; ela não é mais necessária. Temos trabalhado há muito tempo, deixado-a de lado, e agora devemos subir para um novo nível. Este ainda está para surgir. Assim, a geração mais jovem está reavaliando seus valores: eles não querem criar famílias, dar à luz a crianças, ou ser obrigados a alguém ou algo.

Mas esta é uma fase temporária. As pessoas estão procurando uma resposta para a pergunta: “Por que precisamos de uma família?” Em geral, lidamos sempre com a pergunta: “Por quê?” As pessoas precisam encontrar sentido na família, quando não é um fim para a reprodução, a fim de manter a vida e tudo mais. Hoje, desenvolvemos tais serviços e amenidades que não precisam de uma família. Em vez de uma esposa, um supermercado e outros serviços podem cuidar das tarefas domésticas, e alguém pode encontrar uma mulher, e todos os dias uma nova.

Se a pessoa sente que precisa de uma família, é claro que chegará a ela, mas num novo nível, a “célula” principal da sociedade, que eleva o homem ao próximo nível de existência. Se a pessoa percebe que tem essa necessidade, ela irá com prazer criar uma família. As pessoas acham que por ter uma família elas avançam, ganhando novos vasos de sensação de existir neste mundo.

E todos os aspectos da vida cotidiana para a qual nós criamos dispositivos e serviços a fim de atender a essas necessidades, foram criados especificamente de acordo com o programa da natureza, de modo que não precisamos mais de uma família como uma entidade material, e, no final, vamos perceber que precisamos de nossas famílias apenas como um instrumento especial, milagroso, que estimula nossa ascensão a um novo nível.

Comentário: Nem todos se esforçam para desfrutar o calor e a alegria que vêm das comunicações familiares?

Resposta: As pessoas vão experimentá-las na família integral. A principal coisa é que a pessoa vai sentir, reconhecer a sua própria natureza e a do mundo inteiro num nível totalmente novo. Se a pessoa vê que a família promove a realização deste estado elevado, ela vai concordar em tê-lo. Se não, as pessoas vão rejeitar ter famílias.

De KabTV “Através do Tempo” 21/10/13

Comente