Uma Loja Com Uma Porta Que Nunca Se Fecha

Dr. Michael LaitmanPergunta: Como os grupos em todo o mundo podem estar constantemente conectados ao centro, para que possam receber constantemente seu poder a partir do centro?

Resposta: Eu não sei o que mais podemos fazer. Se você acha que não há nenhuma conexão, você tem que tentar descobrir como renová-la. Meu professor, o Rabash, costumava dizer: “A minha loja está sempre aberta”, assim como a loja do Criador está, como se diz “a loja está aberta e o lojista vende a crédito, e o bloco de notas está aberto e a mão está escrevendo e quem quiser pedir emprestado pode vir e pedir”.

A mão invisível escreve tudo, e o proprietário vai pedir para você pagar sua dívida, mas você ainda pode entrar. Isto significa que o proprietário não sai e grita e chama os clientes. Ele só abre a porta de sua loja e pronto. Quem quiser entrar pode entrar.

Este é um exemplo de como devemos sair para o mundo. Nós devemos estar preparados para as maiores vendas em todos os lugares, para que todos se sintam confortáveis ​​em entrar na nossa loja. Mas isso não significa que devemos saltar em cada transeunte, bater na porta das pessoas, forçá-las, ou impor-lhes, esperando que comprem o nosso produto.

Portanto, cabe a você decidir se você será capaz de se manter em contato com o centro. Não espere que o façamos. Nós estamos muito ocupados e há tanta coisa a fazer na disseminação, no processamento e publicação de materiais para a educação integral, na mudança para a nossa nova casa, e na preparação da convenção internacional em fevereiro de 2014.

Não podemos acompanhar tudo o que acontece com as pessoas em Moscou, São Petersburgo, Nova York ou São Francisco, além do que estamos fazendo. Nós não temos poderes para isso e também seria errado se começássemos a operar desta forma. Se fossem pessoas comuns, sem um ponto no coração, então teríamos que cuidar melhor de vocês. Mas já que vocês buscam a espiritualidade e têm um ponto no coração, tudo depende do seu desenvolvimento.

Vocês têm que fazer seus próprios esforços, utilizando os seus próprios poderes. A conexão com a gente depende de vocês. Vocês têm que se esforçar para não perderem o contato com o centro e constantemente se certificar de que o mantêm. No momento em que vocês perdem essa conexão, a conexão perde vocês.

Da Conversa Durante a Refeição 25/10/13

Comente