Uma Árvore Que Tem Gosto De Maçã

Dr. Michael Laitman“A santidade” (doação) se esconde por trás das “forças impuras” (Klipot). Para alcançá-la, é preciso superá-las, e para fazer isso, é preciso tornar-se inteligente, compreensivo, sensível e forte.

Se você tem os instrumentos (Kelim) para trabalhar com o que está escondido dentro da casca (Klipa), então você vai ser capaz de alcançar os frutos através disso.

Não havia forças impuras, “cascas” (Klipot), antes da queda de Adão da virtude. Diz-se que toda a árvore tinha gosto de maçã! Você poderia morder o tronco, e ele era doce como uma maçã, tinha o mesmo gosto… Este é um sinal de que era impossível descobrir um lugar com defeito que precisasse de correção!

É por isso que Adão teve que pecar, revelar o pecado. Afinal, o pecado já existia; nós não criamos nada de novo, mas apenas descobrimos a diferença entre a “existência a partir da ausência” (Yesh Mi Ayin) e a “existência a partir da existência” (Yesh Mi Yesh), a criação e o Criador, conforme a profundidade total do quarto e último nível.

Esta é a diferença entre ser um animal e ser um homem! Esta é a única coisa que nos mostra as Klipot.

Isso é chamado de “ajuda contra você”. Apenas pense: alguém está em pé bem em frente de você e sempre lhe ajuda com absolutamente tudo!

Da 2ª parte da Lição Diária de Cabalá 06/12/10, Talmud Eser Sefirot

Comente