A Panela Coletiva Da Satisfação Espiritual

Dr. Michael LaitmanPergunta: Uma das melhores maneiras das pessoas se conectarem é um diálogo aberto numa mesa redonda. Pessoas que se encontram nas mesas redondas por um longo tempo estabelecem boas relações entre elas e se sentem atraídas umas pela outras. Será que elas devem ser ligadas a determinados grupos?

Resposta: Isso vai acontecer naturalmente. A reunião na mesa redonda tem que ser realizada de acordo com certos princípios, é claro. Inicialmente, ela é destinada para as pessoas se aproximarem, se apoiarem, para esclarecer a verdade juntas, e tentar descobrir não apenas a solução comum, mas também a opinião comum, o desejo comum, o objetivo comum, o entendimento comum e as aspirações comuns. Ninguém suprime os outros de qualquer maneira, mas apenas os complementa.

Ao mesmo tempo, as pessoas que são totalmente diferentes, de repente começam a entender que a oposição durante a conexão cria um terceiro fator, um atributo comum que aparece numa intensidade totalmente surpreendente e pelo qual muitas soluções possíveis podem ser encontradas. Assim, a mesa redonda é, de fato, uma ferramenta para o estabelecimento de uma sociedade de compreensão mútua.

Como resultado desse treinamento, as pessoas chegam à conclusão de que é possível viver juntas sem suprimir uma a outra e que a coisa mais importante é encontrar uma forma de complementar uma a outra. Então, uma plataforma comum e média é criada, que é o terceiro fator, o próximo nível, um tipo de “prato” coletivo é criado que nutre a todos e do qual todos possam receber a sua satisfação.

Assim, uma sociedade integral especial é criada, onde todos estão mutuamente conectados e compreendem as fraquezas de todos; como numa família, respeitam e complementam estas deficiências. Acontece que, embora tenhamos sido criados como seres totalmente diferentes, opostos uns aos outros, nós descobrimos uma integral comum na conexão entre nós que, embora média, é muito poderosa.

De Kab TV “Através do tempo” 15/09/13

Comente