A Implantação Gradual Do Criador Na Criatura

Quando nos elevamos de baixo para cima na escada espiritual , estou-me renovando o tempo todo. Então, de que forma é que o meu ” segundo eu ” é diferente do ” primeiro eu” ? E como é que eu percebo o Criador, o meu Fabricante, em todos esses níveis?

No nível anterior, estive sob a influência de forças particulares e também no novo nível. No entanto, a diferença entre os níveis é que no nível anterior, eu tinha um ” primeiro Criador ” e no novo nível eu tenho uma “segundo Criador. ” A subida de nível para nível é na percepção do Criador e não apenas em como eu me percebo a mim mesmo. Eu me percebo de uma forma mais primitiva ao subir. No entanto, para além disso, eu compreendo o Criador, eu ligo-O a mim.

É o mesmo que dizer que a “segunda criatura” é diferente da ” primeira criatura “, pois acrescenta o Criador a si mesmo, à sua essência e, portanto, ela se transforma em um grande homem, em um Adam em relação ao seu estado anterior, ela torna-se mais como o Criador.

Conclui-se que a realização espiritual não está envolvida com a adição de maiores sentimentos e intelecto , mas sim é qualitativa. Novos Kelim são formados , os desejos são renovados e reorganizados o tempo todo.

De tempos a tempos a estrutura do Criador penetra cada vez mais na criatura e organiza-a de acordo com a Sua imagem. Devido a isso, começamos a pensar de outra maneira, a sentir, a aceitar outras decisões, nós olhamos para o mundo de uma maneira diferente. Tudo mudou dentro de nós. A substância aparentemente é deixada inalterada, embora ela receba novas informações.

Isto representa a subida de baixo para cima. A pessoa é alterada o tempo todo, de modo que nada do estado anterior é deixado para ela, nem mesmo lembranças. O desejo por prazer desaparece, mas adquire uma nova complexidade, divisão, estrutura e organização. A esta substância é adicionada a estrutura do Criador cada vez mais, ou seja, a característica de doação e amor. A conexão entre as partes provoca alterações e influencia a própria estrutura.

É possível comparar isso com um computador que esteja a ser reconstruído mas que aparentemente não está muito alterado. Apenas um pouco de memória, velocidade e frequência do sinal de relógio de processamento é adicionado, mas , aparentemente, o hardware , a máquina fica a mesma, só que se torna mais sofisticado, complexo, mais rápido e ágil, o que quer dizer que se torna mais sensível. No interior, os zeros e uns ainda alternados, contudo , com uma velocidade maior do que antes.

Dentro destes a zeros e uns novos actos de programa, uma nova ligação que muda a qualidade da substância completamente . O programa determina tudo e controla a substância . A própria máquina , o “metal” não é importante , o que é importante é o programa que funciona no interior. A subida de baixo para cima envolve um programa mais sofisticado.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabala 20/08/13 , Escritos do Baal HaSulam

Comente