No Centro De Um Triângulo Equilátero

Dr. Michael LaitmanNós devemos igualmente ansiar por Israel, a Torá e o Criador, de modo que eles vão surgir num todo. É como se houvesse um triângulo equilátero: Israel, a Torá e o Criador, e você anseia por estar no centro desse triângulo.

Israel é uma pessoa que anseia pelo Criador. A Torá é o meio pelo qual podemos chegar à conexão, a unidade do grupo. O Criador é revelado no grupo. Se esses três componentes são igualmente importantes para nós e estão conectados num único conceito, nós podemos avançar.

Estes três componentes vão constantemente se afastar ainda mais e nós temos que tentar conectá-los num conceito novo, e trabalhar desta forma. Se quisermos que o estado que foi atingido na Convenção nunca chegue ao fim, nós temos que conectar esses três componentes e trazer a força superior para essa conexão, que irá manter coesa toda a Convenção.

Claro, nós vamos sentir como este sentimento esfria e desaparece posteriormente. Nós teremos que ter certeza de que nos conectamos e sentimos o calor, e repetimos isso sucessivamente. É o sentimento de desapego e de indiferença, que é um sinal da expansão dos vasos e do nosso progresso.

Tudo é medido de acordo com a importância do Criador. Nós só podemos aprender sobre sua importância ao compreender que sem Ele não podemos nos conectar. Sem a nossa conexão não podemos nem chegar perto de um estado espiritual. Nós devemos entender que a descida e o desprendimento que sentimos agora é um espaço, um lugar que o Criador nos dá no qual devemos trazê-Lo. Em seguida, todas as nossas esperanças e expectativas serão preenchidas.

Da Preparação para a Lição Diária de Cabalá 19/07/13

Comente