Perdão Legal

Dr. Michael LaitmanBaal HaSulam, “O Amor do Criador e o Amor dos Seres Criados”: Assim, toda e qualquer Mitzvah que uma pessoa realiza afeta o mundo todo. É como uma pessoa que pesa sementes numa balança. Assim como toda e qualquer semente que a pessoa coloca na balança induz a decisão final desejada, cada Mitzvah que a pessoa executa diante de toda a terra é cheia de conhecimento e desenvolve o mundo nessa direção.

Diz-se: “Mas um pecador destrói muito bem”. Isso significa que o pecado de uma pessoa reduz o peso na balança, como se ela tomasse de volta a semente que havia colocado na balança. Com isso, a pessoa retrocede o mundo.

Pergunta: Eu não entendo como nós podemos alcançar a correção geral se cada ação errada que qualquer um possa fazer pode estragar tudo.

Resposta: Há ocultação de cima para baixo, na medida em que o sistema dos mundos se expande, o que significa o sistema de ocultação. Ele opera de modo que mesmo se nós, que somos iniciantes, cometermos grandes pecados abaixo, isso não conta como pecados.

Assim como um bebê é perdoado quando quebra alguma coisa, já que não há nada que possamos fazer. Mas quando ele cresce, temos algumas exigências e demandas ainda maiores de uma pessoa adulta, embora ela também possa ser perdoada na primeira vez.

Portanto, nós somos operados e só operamos de acordo com o nosso nível atual, e de acordo com este nível o benefício ou prejuízo que trazemos sociedade é determinado. Este é o sistema de ocultação, a “jurisdição espiritual”, que diminui a influência da Luz superior e constrói uma espécie de cone, onde o ponto mais baixo fica para as exigências mínimas, à beira do “perdão”, e à medida que subimos as demandas se expandem cada vez.

Ainda assim, você deve saber que em seu estado atual, você influencia toda a realidade. A pessoa é um mundo, mas não à custa dos outros, e cada um descobre todo o seu mundo interior.

Da 3a parte da Lição Diária de Cabalá 05/06/13, Escritos do Baal HaSulam

Comente