Não Haverá Obstáculos Ao Longo Do Caminho

Dr. Michael LaitmanRabash, “Faça um Rav para Si e Compre um Amigo – 2”: Depois de ter se juntado a um grupo de pessoas que desejam alcançar o grau de amor do Criador, e deseja receber deles a força para trabalhar a fim de doar e ser mobilizado pelas palavras  deles sobre a necessidade da obtenção do amor do Criador, ele deve considerar cada amigo no grupo como maior do que ele. Foi escrito no livro Matan Torah (A Entrega da Torá), que ninguém será impressionado pela sociedade ou receberá a apreciação de alguma coisa, a menos que se refira à sociedade como maior do que si mesmo. Esta é a razão pela qual cada um deve sentir que é o menor de todos eles, uma vez que quem é grande não pode receber de alguém que é menor do que ele, e muito menos ficar impressionado com suas palavras. Pelo contrário, apenas o menor é impressionado ao apreciar o maior.

Esta é a principal lei e regra para abrir o mundo espiritual. Se seguirmos todas as instruções que o Rabash nos dá, não haverá obstáculos ao longo do nosso caminho. Nós temos que estar preparados para seguir essas etapas, já que o mundo precisa delas. O Criador não só nos dá a chance de estabelecer o grupo espiritual por nós mesmos e proporcionar satisfação a Ele, mas Ele também nos dá uma missão muito maior.

Ele nos permite compreender que a única maneira de proporcionar satisfação a Ele é corrigindo o Seu mundo. Portanto, Ele leva este mundo à beira do colapso, para que possamos preparar o mundo para a revelação do Criador, e, assim, proporcionar-Lhe satisfação.

Então, quando nós trabalhamos a fim de nos tornar mais unidos, não podemos esquecer que, no final, nós temos que atrair o mundo inteiro para o grupo e, assim, provocar a completa revelação do Criador às criaturas. Como o Baal HaSulam diz, estes são os “dias do Messias”, o fim da correção.

Portanto, nós temos que levar muito a sério as leis das conexões, autoanulação e autoconcessão, para nos apoiar mutuamente e fortalecer um ao outro, a fim de alcançar o espírito da vida e confiança, e sermos preenchidos com esperança pelo fato de que o mundo inteiro é impressionado pelos outros. A fim de fazer isso, todos devem ver os outros como grandes, e ao serem impressionados por eles, devem dar a eles o poder de trabalhar em nossa conexão e unidade.

Nós temos que pedir que a força de cima nos conecte, e nós vamos fazer um pacto entre nós, a garantia mútua, o apoio mútuo e a impressão, e sermos mutuamente incorporados um no outro até que finalmente cheguemos ao poder coletivo, a pequena força espiritual com a qual nos voltaremos ao grande mundo. Então, veremos que, quando tivermos um poder espiritual coletivo, até mesmo o menor deles, o mundo estará praticamente diante de nós; ele vai estar pronto para receber de nós, uma vez que a Luz vai se derramar através de nós para o mundo todo. Nós teremos sucesso aonde quer que formos.

Da Preparação para a Lição Diária de Cabalá 26/5/13

Comente