Em Primeiro Lugar!

Nós devemos saber que tudo depende apenas de nossa preparação. Todos os estados já estão preparados com antecedência e estão registrados para cada dia durante os 6.000 anos. O calendário de 6000 anos é chamada de “a pressão de evolução”, que nos pressiona e nos empurra para a frente, forçando-nos assim a realizar todas as ações que foram preparadas “em seu tempo.”

Mas todo o nosso trabalho é mover do caminho natural da nossa evolução (“a seu tempo”) para o caminho da Luz, de apressar o tempo (“Eu vou apressá-la”). Nós não avançaremos o calendário de um dia para o outro automaticamente, mas apenas avançaremos de acordo com a nossa preparação.

“Eu vou apressá-la” é elucidada apenas pela nossa preparação e não no estado por si próprio. Podemos dizer até que ponto estamos no estado de “Eu vou apressá-la”, o que significa até que ponto estamos trabalhando na espiritualidade, de acordo com os esforços que fazemos para atingir um novo estado.

O trabalho espiritual é feito de acordo com a ação que vem do Alto. É muito importante ressaltar que tudo é medido pela preparação que antecede a ação: o que fizemos, o quanto nós fizemos, que esforços fizemos, como subimos à montanha do Rei, e o que fizemos para Ele, para o grupo, para os amigos. Tudo isto vem em primeiro lugar!

Graças à nossa preparação chegamos ao estado desejável, o qual nós realmente não entendíamos. Nós simplesmente determinámos que queríamos alcançá-lo e não nos importou que não o conseguíssemos imaginar. Isto porque tu não consegues saber o que um determinado estado é, antes de alcançá-lo.

Por isso a preparação é tão importante e nós precisamos fazer tudo o que pudermos. E o que tu tens que fazer se tornará claro no processo: o esforço que terás que fazer e como preencherás o teu limite. Um momento antes disso nós nem sequer sabemos que está prestes a acontecer.

Apenas no final, quando concluirmos todo o trabalho que temos que fazer, uma ação especial chamada “Rav pealim mekabtziel” chega, que é como o fim da correção, mas respeitante aos vasos atuais que temos preparado. Esta ação conecta todos os nossos pequenos atos em uma grande conta (como é dito: “muitas moedas de um centavo somam uma grande conta”) e, em seguida, o próximo nível é revelado. É um pequeno nível individual da nossa correção, mas é o mesmo processo da correção final global.

A partir da conversa sobre os Preparativos para o Congresso da Lição Diária de Cabala 26/06/13

Comente