Acordo Total, Até O Auto-Sacrifício

Dr. Michael LaitmanA principal coisa é se apegar à adesão ao Criador. A partir deste ponto, a pessoa começa a ver toda a sua vida como uma série de exercícios que se destinam a conectá-la mais fortemente ao Criador. Todas as cascas (Klipot) funcionam como “ajudar contra ela”, e todos os eventos que ela atravessa são essenciais, pois é assim que ela pode corrigir, de acordo com a raiz de sua alma, todas as falhas de falta de adesão.

Assim, a pessoa abençoa o mal, como abençoa o bem e, portanto, avança. Ela entende que tudo o que acontece são verdadeiros presentes que vêm de Cima, do Criador, que quer aproximá-la Dele. Assim, em vez de se sentir irritada ou insatisfeita, ela se sente grata por tudo que ela usa como meio para se aderir ao Criador.

Se a pessoa não faz isso, ela imediatamente começa a ativar outras telas de ocultação sobre si mesma, que a forçam a avançar na mesma direção, mas de uma forma muito mais longa e difícil. Nesse caso, ela terá de ser equipada com diferentes subsistemas para ajudá-la a reagir corretamente às interrupções que sentiu inicialmente e que ela não conseguia ver imediatamente como um meio de adesão. Agora, ela terá que passar por várias fases adicionais, a fim de ser capaz de ver isso.

Cabe ao ambiente se ela está pronta para ver isso ou não: o estudo, o grupo, a sua participação nas tarefas, e o trabalho com os amigos. De acordo com as condições e os meios que recebe de Cima, a pessoa tem que resolver o problema, isto é, o obstáculo que parece vir entre ela e o Criador, como se Faraó aparecesse entre eles.

Se uma pessoa se prepara corretamente através do ambiente, do estudo, e do apoio do grupo, ela consegue resolver este problema corretamente. É porque ela pode encontrar a solução no mesmo lugar em que ela se prepara juntamente com o ambiente. No entanto, se ela não prepara este lugar, os obstáculos a afastam para mais longe. Ela não consegue se sustentar sob a pressão de todos os convites que recebe do Alto para fortalecer a conexão, e assim acontece o contrário. A força que vem para despertá-la não é sentida como um chamado de adesão, mas como uma interrupção.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 29/04/13, Escritos do Baal HaSulam

Comente