Textos arquivados em ''

Notícias São Boas Como A Revelação Do Vazio

Dr. Michael LaitmanNas Notícias (do The Guardian ): “A notícia é tóxica para o seu corpo. Ela constantemente aciona o sistema límbico. Histórias de pânico estimulam a liberação de cascatas de glicocorticóides (cortisol). Isso desregula o sistema imunológico e inibe a liberação de hormônios do crescimento. Em outras palavras, o seu corpo se encontra num estado de estresse crônico. Altos níveis de glicocorticóides causam incapacidade de digestão, falta de crescimento (célula, cabelo, osso), nervosismo e susceptibilidade às infecções. Os outros efeitos colaterais potenciais incluem medo, agressão, visão de túnel e dessensibilização.

“Notícias inibem o pensar. Pensar requer concentração. Concentração exige tempo ininterrupto. Peças de notícias são especificamente projetadas para interromper você. Elas são como vírus que roubam a atenção para seus próprios propósitos. Notícias nos tornam pensadores rasos. Mas é pior que isso. Notícias afetam severamente a memória…

“Notícias funcionam como uma droga. À medida que as histórias se desenvolvem, nós queremos saber como elas continuam. Com centenas de histórias arbitrárias em nossas cabeças, este desejo é cada vez mais atraente e difícil de ignorar. Os cientistas costumavam pensar que as conexões densas formadas entre os 100 bilhões de neurônios dentro de nossos crânios eram em grande parte fixadas no momento em que chegávamos à idade adulta. Hoje nós sabemos que este não é o caso. As células nervosas quebram rotineiramente velhas conexões e formam novas. Quanto mais notícias nós consumimos, mais exercitamos os circuitos neurais dedicados à desnatação e multitarefa, ignorando aqueles usados ​​para ler profundamente e pensar com uma concentração profunda. A maioria dos consumidores de notícias – mesmo aqueles acostumados a ser ávidos leitores de livros – perdeu a capacidade de absorver longos artigos ou livros. Depois de quatro, cinco páginas, eles ficam cansados, tornam-se inquietos, e sua concentração desaparece. Não é porque eles ficaram mais velhos ou seus horários tornaram-se mais onerosos. É porque a estrutura física dos seus cérebros mudou.

“A sociedade precisa de jornalismo – mas de uma maneira diferente. O jornalismo investigativo é sempre relevante. Nós precisamos relatar nossas instituições políticas e revelar a verdade. Mas descobertas importantes não têm que chegar na forma de notícia. Longos artigos de jornais e livros profundos também são bons”.

Meu Comentário: A mídia não pode ser e nunca foi objetivo, porque, em princípio, não há objetividade na natureza. A mídia executa as ordens de quem a paga. A mídia é necessária para garantir que as pessoas tenham contato com o mundo inteiro e revelem o seu vazio, finitude e limitação mais cedo é necessária para a posterior correção.

Entender Dá Esperança!

Dr. Michael LaitmanNas Notícias (da Agência de Notícias FARS): “O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, disse que a sociedade humana está se movendo em direção a unidade global, apesar dos esforços envidados pelos poderes corruptos para criar um racha entre eles. …

“‘Hoje, a sociedade humana está se movendo em direção à unidade [grifo meu], sob condições que a humanidade inteira é alimentada com o status quo e está em busca de justiça, monoteísmo e pureza’, disse o presidente iraniano.

“Ele observou que as grandes nações do mundo vão se levantar contra os poderes corruptos de uma forma sólida e unida numa tentativa de estabelecer o monoteísmo [grifo meu] e a justiça em todo o mundo.

“O presidente Ahmadinejad, em muitas ocasiões, enfatizou a necessidade do estabelecimento de uma nova ordem mundial, dizendo que a injusta ordem atual não foi capaz de resolver os problemas globais e, portanto, chegou ao fim”.

Meu Comentário: Como podemos ver, a descoberta da tendência inexorável da natureza manifesta-se cada vez mais, e muitos líderes e a elite mundial começam a entender para onde o mundo está caminhando. A Cabalá revela as fases do seu movimento, e também como superar essas fases de crescimento de forma fácil e rápida: com o método da educação integral. Estudando a natureza do que está acontecendo conosco e a nós mesmos, nós ganhamos conhecimento e determinamos a força do nosso desenvolvimento. Assim, podemos facilitar em vez de resistir a isso.

Como Manter-Se Jovem?

Dr. Michael LaitmanPergunta: Os adolescentes que estão envolvidos na educação integral agem como adultos e, ao mesmo tempo, como crianças. Esta fronteira é sutil. Qual é o caminho para formar a interação com eles, se esta mudança está sempre ocorrendo?

Resposta: Isso depende da pessoa. Claro, há uma diferença na forma como meninos e meninas amadurecem. Nós sabemos que as meninas se desenvolvem e amadurecem mais rápido do que os meninos. Por isso, a idade não é realmente medida pelo número de anos. No entanto, há meninos que se tornam responsáveis e maduros numa idade precoce. E há aqueles que estão arruinados, que desejam permanecer crianças, não querem assumir responsabilidades, e sempre se esquivam quando se trata de lidar com problemas. No entanto, num círculo integral esta diferença desaparece gradualmente.

Observação: É muito difícil para eu e para muitos outros especialistas interagir com eles, porque eles dão duas reações ao mesmo tempo: a de um adulto e a de uma criança.

Resposta: Isso é o que eles são. Tente entrar em seu estado, tente falar como eles (esta é uma abordagem natural), estar junto com eles, e justificá-los totalmente. Então, de repente, você começa a ver o mundo através dos seus olhos, a senti-lo através da sua percepção, e a concordar com eles. Você vai ter que subir até esta idade jovem.

Pergunta: Eu sempre me considerei uma pessoa progressista. Agora eu me sinto como um retrógrado nesta matéria. Como alguém pode permanecer internamente jovem e livre?

Resposta: Sente-se com eles num seminário, fale e pense como eles. Tente interpretar esse personagem. Então você de repente se sente jovem e entende que é assim que deve ser. Você vai absorver a sua visão de mundo, porque caso contrário, você não será capaz de fazer nada.

Além disso, você pode dar mais liberdade a eles e deixá-los fazer o que eles sentem que for necessário, com exceção de algumas coisas que eles não devem realizar, a fim de evitar o indesejável: relações sexuais promíscuas, drogas, etc.

Da Palestra sobre Educação integral, 02/04/13

O Equilíbrio Vai Curar Tudo

Dr. Michael LaitmanPergunta: Hoje, a medicina moderna não se baseia na conformidade com a natureza. A medicina alternativa, como a medicina chinesa ou a homeopatia, baseia-se em observar a natureza, em como criar o equilíbrio entre o homem e a natureza. Mas métodos alternativos tratam apenas doenças estritamente definidas.

Resposta: O equilíbrio vai curar tudo. Nós devemos lhe dar um impulso ou dar ao corpo um sentimento de perda de equilíbrio, e ele vai se endireitar. Afinal, o nosso corpo está sob tal influência de ambientes poluídos e venenos que nos afetam, e ele não percebe um desequilíbrio dentro de si e entre ele e a natureza.

Se você colocar uma pessoa que está acostumada a um ambiente ecológico normal em nossas condições, ela vai enlouquecer devido aos ruídos, cheiros e efeitos nocivos do ambiente. Além disso, se você lhe der a nossa comida, ela será levada para uma unidade de terapia intensiva. Mas nós existimos normalmente; este desequilíbrio em nós é constantemente compensado.

Portanto, todos os métodos naturais de tratamento são muito difíceis de aplicar, eles mal funcionam. Para isso, é necessário estar no ambiente apropriado.

De KabTv “A Medicina do Futuro” 07/04/13

Coisas Que Não Devemos Desistir

Dr. Michael LaitmanPergunta: Como podemos chegar ao ponto mais profundo, a partir do qual podemos nos elevar acima do ego? Qual é esse ponto?

Resposta: Este ponto é o meu “eu”. O que pode ser mais precioso para mim em toda a realidade que o meu “eu”? Nós ainda não estamos cientes de como é extremo o nosso egoísmo, a tirania egoísta. Nada pode se comparar a ela.

O nosso erro é que geralmente comparamos e medimos tudo de acordo com os conceitos físicos, animais, corpóreos da vida e da morte. Isso diminui drasticamente as nossas “expectativas”, e, muitas vezes, sob a pressão dos problemas, a pessoa está inclusive pronta para desistir da vida, que lhe parece inútil em relação ao seu sofrimento. Muitos estão prontos para pôr fim a suas vidas por causa do padrão errado, por causa de uma perspectiva “animal” da vida…

Mas se você mede sua vida em relação à eternidade e a plenitude, você não pode desistir dela. Você não pode abandoná-la, já que seu verdadeiro “eu” está escondido aqui, a coisa mais preciosa que você tem, embora você ainda não o tenha revelado e não tenha como compará-lo com o padrão real, com a vida eterna, com a eternidade e o poder da criação real, e nem com a vida corpórea no nível do nosso mundo.

Pergunta: Eu preciso de um ambiente forte e seguro onde possa “mergulhar”, a fim de desistir do meu eu egoísta?

Resposta: Nós devemos entender que, em geral, apenas a Luz que vem de Cima pode nos ajudar aqui. Entretanto, nós realmente não percebemos isso e vivemos numa mentira, medindo tudo em relação à vida corpórea. Quando nós começarmos a medir tudo de acordo com o padrão espiritual, vamos descobrir profundezas terríveis, nas quais a abnegação pessoal é totalmente impossível.

Então você verá que é necessária a intervenção da força superior que está acima de você. Você vai finalmente entender que há espaço para a autoridade superior. Você vai ter essa sensação pela primeira vez, e isso já é um novo passo no caminho.

Da 4ª parte da Lição Diária de Cabalá 18/04/13, “Introdução ao Livro do Zohar

O Criador Só Concede Um Empréstimo A Quem Tem Fiadores

Dr. Michael LaitmanBaal HaSulam, “A Paz”: Ela acredita que este mundo não é como uma loja aberta, sem um dono, mas que há um dono presente, um lojista, que está em sua loja e exige de cada cliente o preço justo para as mercadorias está tomando da loja…

Tal pessoa é considerada como alguém que deseja tomar emprestado. Assim, antes mesmo que ela estenda a mão para tomar deste mundo, que é a loja, ela toma isso como um empréstimo, para pagar o seu preço.

Pergunta: O que é este empréstimo?

Resposta: O empréstimo é um conjunto de forças, pensamentos e ações, devidamente organizados a fim de doar. Esta “ordem individual” é exatamente o que você tem que fazer em seu estado. Você recebeu tudo o que é necessário, um pacote completo.

No entanto, o problema é que você já deixou este estado. Você já quer “debitar”, roubar parte deste empréstimo. Bem, isso acontece em geral. Algumas organizações exigem um orçamento para fins nobres, e depois fazem negócios “obscuros”.

Eu não acuso ninguém; nós só temos que tirar uma conclusão disso. Esta é a forma como a pessoa é construída. Esta é a nossa natureza, e isso acontece em todos os lugares do mundo, em cada nação. Isso acontece mesmo quando alguém fala com entusiasmo; ele tem certeza de que está verdadeira e simplesmente lidando com os meios à sua disposição. No entanto, um desejo diferente vem junto com um uso diferente. É natural que quando uma pessoa recebe milhões, seus desejos se agitam.

Geralmente, o roubo e a corrupção são coisas naturais; eles sempre existiram. No passado, os líderes não precisavam levar alguém em conta e faziam o que queriam, mas hoje algumas coisas vêm à tona, ainda que nós ainda não entendamos onde encontrar a correção.

O problema é apenas a falta de um ambiente que irá apoiar e manter você no estado certo. Se o ambiente fosse forte o suficiente, você usaria corretamente o empréstimo, que vem em resposta a um pedido que foi aprovado. Você não é culpado, você simplesmente não está conectado ao ambiente certo, o que seria a única coisa que manteria a abordagem certa para você.

Portanto, é necessário primeiro criar o ambiente certo. Sem isso, não há nenhuma chance. Isto é assim, mesmo que a pessoa apresente um pedido verdadeiramente justificado e receba os meios corretamente. Alguns anos se passam, e eles descobrem que ela tem contas secretas no exterior ou investimentos imobiliários ou qualquer outra coisa. E nós mesmos somos os culpados. Nós não investigamos todas as condições, não no momento em que o empréstimo foi aprovado, mas no momento em que foi recebido.

Por outro lado, na espiritualidade, não há erros como estes. Se você não prepara o ambiente, o seu pedido simplesmente não é aceito. Você pode bater na porta quanto quiser, mas ninguém vai abri-la para você.

Pergunta: Isso significa que sem amigos que sejam fiadores para mim, não posso receber nenhum empréstimo?

Resposta: Certo, isso é porque você pretende fazer isso desde o início com condições inadequadas.

Pergunta: Ou seja, o meu pedido para receber um empréstimo precisa passar pelo grupo?

Resposta: Sim. Eu quero tanto ajudar os amigos, uni-los, vê-los como um corpo, que eu tenho que fazer alguma coisa. Com isso, eu supero a dor através do grupo. Não se trata apenas de uma “transição”, mas sim do desespero absoluto que me dilacera. Eu sou como uma mãe que sofre porque não pode alimentar seus filhos. Eu busco ajuda com isso e, assim, recebo o empréstimo.

No entanto, este não é um empréstimo em nossos termos. O Criador quer ajudar os amigos. Portanto, isso se refere à Torá. Eu recebo a Luz que Reforma e a Luz que enche os Kelim. Eu recebo essa condição onde realmente tenho um desejo, um desejo de doar. Eu estou fervendo, mas não sei o que fazer. Então, tudo vai ser organizado para mim: eu vou receber o entendimento, os Kelim, os meios, e tudo o que for necessário.

Pergunta: Portanto, como eu peço? A quem posso recorrer?

Resposta: Este é o meu apelo interno. Nem todo mundo está preparado para expressar o amor interno e ardente. Às vezes, é o oposto. De fora, parece desprezo.

O amor não explode como a lava de um vulcão. É o oposto. De acordo com a fonte espiritual, ele sempre vem com limitação, ocultação, com coberturas e modéstia. Não espere beijos e abraços dos amigos. O amor arde internamente, e fora de nós é uma tela e a Luz refletida, ou seja, algo completamente oposto. Afinal de contas, a tela com a Luz refletida é construída acima do desejo egoísta, escuro e sombrio da morte. Portanto, o amor é sempre coberto com modéstia. A tela em si é ocultação.

Portanto, nós voltamos ao empréstimo do Criador. Eu recebo Dele o poder de doar ao grupo. Eu ajudo os amigos, uno-os de forma que eles vão se unir com todo o coração, e eu sinto que o Criador se revela na conexão entre eles, com rosto risonho e feliz.

Essa é toda a realização da ação. Seus poderes atuam em mim dentro e fora. Ao construir o vaso, eu vejo essas forças quando Ele é revelado. Portanto, o que eu fiz por mim mesmo? Em suma, eu preparei um lugar para esta revelação.

Da 4a parte da Lição Diária de Cabaláa 19/04/13, “A Paz”

A Mãe É Sempre Boa

Dr. Michael LaitmanPergunta: Por que dizem que a imagem deste mundo é fictícia e não real?

Resposta: A imagem do mundo que aparece diante de nós é fictícia e não real porque o Criador é sempre bom e benevolente para nós. No final, a criatura vai revelar o amor do Criador em tudo. Por enquanto, não tendo escolha, Ele deve nos apressar a desenvolver-nos e até mesmo ameaçar, pressionar e confundir-nos.

Nós fazemos a mesma coisa com as crianças, pois, caso contrário, elas não vão se desenvolver. É por isso que o Criador nos trata da mesma maneira. O problema é que nós não vemos quem está cuidando de nós e não sabemos o plano da criação.

Um bebê também não entende o que está acontecendo. Ele não percebe que seus pais estão lhe dando exercícios; para ele, é simplesmente um jogo. É só quando a mãe ou o pai começam a pressioná-lo que ele presta atenção a eles e começa a gritar que a mãe é má!

Eu nunca ouvi uma criança gritando que a mãe é boa. Ele toma isso como certo, pois é óbvio que ela deve servi-lo. Quando, de repente, ela faz algo contra a sua vontade, ele se ressente.

Assim, nós devemos entender que a única maneira de avançar é por meio de exercícios que não são muito agradáveis e que só vão ficar mais complicados. Tudo depende da nossa preparação e da nossa capacidade de reconhecê-los. Na verdade, nós recebemos exercícios a cada instante, e podemos estar constantemente em processo de esclarecimento. No entanto, a pessoa não faz o esforço correto, e assim, os estímulos do Criador se acumulam e são sentidos, por fim, como um duro golpe.

É como se você tivesse queixas sobre alguém, mas restringe-se e sofre. Você acumula raiva e frustração dentro de você, em vez de esclarecer de forma fácil e imediata as coisas no momento em que elas surgem. No final, você perde a paciência e explode, e isso acontece de repente e de forma inesperada e aqueles ao seu redor não entendem o que está acontecendo.

Portanto, é melhor não chegar a tal explosão, mas estar ciente do que está acontecendo o tempo todo. Isso só é possível através da garantia mútua, quando todo mundo pensa nisso e lida com isso, quando todo mundo quer apoiar um ao outro. Na verdade, nós estamos construindo o vaso geral da alma. Uma pessoa não tem nada que seja privado na espiritualidade.

A solução está apenas na conexão, e isso tem a ver com o que eu penso sobre os amigos e sobre a conexão entre nós. Esta é a única coisa que temos que corrigir, uma vez que esta é a forma como a nossa alma é construída.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 08/04/13, Escritos do Baal HaSulam

No Meio Do Fogo Cruzado

Dr. Michael LaitmanEscritos do Rabash, Volume 2, “O Que é a Proibição de Saudar Outro Antes de Saudar o Criador, no Trabalho”: A parte mais difícil do trabalho é a ordem do trabalho que consiste em duas coisas que se contradizem, e é difícil entender como ambas podem ser verdadeiras, quando atribuímos o trabalho ao Criador, acreditando que o Criador aceita o nosso trabalho, não importa como nós o vemos.

Isso significa que não importa se a pessoa trabalha pela grandeza da razão e do entendimento, se ela atribui o trabalho ao Criador, o que significa que ela trabalha com a intenção “a fim de doar”, o Criador aceita de bom grado o seu trabalho. Isto significa que a pessoa tem que seguir a linha direita, que é considerada a plenitude, orar ao Criador, e agradecer-Lhe, mesmo que ela não encontre nenhum desejo de espiritualidade nela. Caso contrário, como ela pode agradecer ao Criador e dizer que o Criador ouve o que ela diz a Ele?

Se ela consegue agradecer ao Criador, ela sente alegria, e de “Lo Lishma (não em Seu nome), ela chega a Lishma (em Seu nome)”, e, portanto, se eleva de seu estado de plenitude. Como a gratidão que ela sente em relação ao Criador faz a pessoa sentir que é plena, e conforme a alegria que sente, ela continua, ela é capaz de subir ao próximo nível.

O estado em si não muda, é constante. Apenas a atitude da pessoa em relação a ele muda, a sua percepção dele, e isso acontece na medida em que ela esclarece e interpreta corretamente este estado, sua reação ao estado constante em que ela existe o tempo todo.

Novos Reshimot (registros espirituais) são revelados nela cada vez, e ela julga a Luz superior, o nível de doação que lhe é revelado. Portanto, ela está constantemente passando por mudanças internas, o que significa que a sua avaliação dos atributos, como doação, conexão e amor, de todos os atributos que pertencem à espiritualidade, à ideia do Criador, também muda.

Isto é revelado nos desejos (vasos) quebrados ou parcialmente corrigidos da pessoa e, portanto, todas as mudanças ocorrem apenas internamente. Portanto, tudo depende de como ela corrige seus vasos e os aproxima da Luz. Tudo depende da equivalência de forma, na medida em que os Reshimot, que são constantemente revelados, correspondem à Luz. A única maneira de torná-los equivalentes à Luz é através do ambiente, que serve como um adaptador entre os Reshimot que são revelados e a Luz.

Se a pessoa usa corretamente o ambiente e seus Reshimot, ela pode chegar à adesão com a Luz muito rapidamente em cada estado. Então, ela pode sentir que seu estado é bom. É claro que ela faz isso não para se sentir bem, mas para se parecer com a Luz e desconectar-se das análises egoístas, para se tornar verdadeiramente quem doa. Aqui ela sobe os níveis de consciência, da compreensão, e da valorização da Luz.

Nós devemos amarrar essas duas sensações juntas, os dois fatores que se contradizem, a contradição que descobrimos, e isso só é possível quando a pessoa transcende a si mesma. Por um lado, tudo é “contrário” à doação, e por outro lado, tudo é “a favor” dela, e a pessoa não sabe o que fazer. Este é o mundo; é assim que a pessoa é internamente. Portanto, como podemos amarrar esses dois opostos? É impossível, a menos que um terceiro fator venha e decida entre eles. Isso exige estudo e muita experiência, para que a pessoa entenda que esta é a única maneira de avançar.

Por um lado, ela sente um desamparo absoluto, tensão e não entende como pode sair desse estado e ser salva da ameaça do “Faraó”. Por outro lado, ela entende que não há espaço para tais estados no amor e na doação, onde tudo tem que ser agradável, bom e perfeito!

O mundo está dividido em dois exércitos: as forças do mal (conflitos, ódio e separação) estão enfrentando as forças boas e positivas (da conexão e do amor), e não há nada entre elas. Tudo isso é para que o terceiro participante venha e decida entre elas. Somente o Criador pode fazer as pazes entre as duas partes hostis, que é chamado, “Meus filhos Me derrotaram”. Diz-se: “Aquele que fizer as pazes no Céu vai trazer a paz para nós”. Isso já é um trabalho em três linhas.

Da Preparação para a Lição Diária de Cabalá 19/04/13