“Por Que Esta Noite É Diferente De Todas As Outras Noites?”

Dr. Michael LaitmanPergunta: A noite do Seder da Páscoa (Pessach) é uma noite especial para o povo de Israel. Pensa-se que nesta noite este povo nasceu e começou sua nova jornada. Portanto, de que forma esta noite do êxodo do Egito é tão singular?

Resposta: A pessoa começa a sentir que se encontra no exílio do Egito, na escravidão do seu ego, que é chamado de Faraó, e que é necessário afastar-se do seu domínio, fugir, ainda que ela não consiga fazê-lo. Ela começa a gritar internamente, não está mais preparada para suportar uma vida assim. Ela se esforça em relação ao grupo, o ambiente, o professor e os livros. Ela realmente sente que está na prisão, na escuridão.

Aos poucos, ela se afunda num estado chamado de “escuridão do Egito”, a noite do êxodo do Egito. Esta noite é a escuridão absoluta; nenhuma esperança resta para ela, nenhuma chance na vida. Ela não se sente preparada para continuar a viver dentro do seu ego, já que odeia todo mundo e é incapaz de se relacionar bem com alguém.

Ele se esforça para amar os amigos, para amar o outro como a si mesmo, mas percebe o contrário, que ela se torna cada vez pior. O Faraó nela, seu ego, torna-se mais forte e mais brutal. Então, no final, a pessoa está quebrada, pois vê que não tem nenhuma chance de sair desta servidão.

Ela passa por estados internos muito difíceis, que, em última análise, são reunidos: todas as suas tentativas de fugir do seu ego, de superá-lo, todas as vitórias do ego que mostram à pessoa o quão fortemente o Faraó está segurando-a por dentro. Ela realmente se encontra no meio da luta de duas forças: por um lado, a pessoa empurra, uma vez que deseja ficar livre, e, por outro lado, o ego agarra suas pernas e não a deixa fugir.

Em última análise, estas duas forças atingem o ápice da luta entre elas, e a pessoa se encontra entre elas e sente uma escuridão absoluta. Este estado é chamado “a noite do êxodo”, a escuridão do Egito. Assim, de repente ela ouve um chamado de dentro desta escuridão: “Você tem que fugir! Você está pronta para fazer isso! Você pode se levantar e fugir do seu ego, aqui e agora, à meia-noite, isto é, do estado mais escuro. Não leve nada com você para o novo estado, exceto as coisas que você realmente precisa para doar, a realização da unidade, a conexão, o amor”.

Neste caso, a pessoa está pronta para sair e fugir do seu ego, quer subir acima dele. Isso é chamado de seu nascimento espiritual.

De KabTV “Cabalistas Escrevem: A Noite do Seder da Páscoa”, 04/03/13

Comente